Data: 17/05/2021 14:07 / Autor: Redação / Fonte: Enel Distribuição São Paulo

Enel SP dá desconto na conta de luz em programa de troca de recicláveis

Distribuidora conta com 10 pontos de coleta de materiais recicláveis; Ecoponto de Santo André também recebe resíduos eletrônicos


Crédito: Consórcio ABC

Em celebração ao Dia Mundial da Reciclagem, comemorado no dia de hoje, a Enel Distribuição São Paulo, concessionária que atua em 24 municípios da Grande São Paulo, reforça que os consumidores podem reduzir o valor da fatura de energia por meio do programa Ecoenel, que concede desconto na conta de luz mediante a troca de materiais recicláveis (papel, plástico, metal e vidro). 

O projeto Ecoenel tem 10 pontos de coleta nas cidades de São Paulo, Santo André, Diadema, Barueri e Carapicuíba. Com ele, os clientes da concessionária podem economizar na fatura de energia, além de contribuir com o descarte correto de resíduos e o meio ambiente. O Dia Mundial da Reciclagem é uma data instituída pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência, e a Cultura (UNESCO) para conscientizar a sociedade sobre os benefícios da redução e reciclagem de resíduos. 

Nos anos de 2019 e 2020, o programa Ecoenel beneficiou em torno de 14 mil clientes da Enel Distribuição São Paulo e arrecadou mais de 2,1 mil toneladas de resíduos, concedendo mais de R$ 480 mil de bônus nas faturas de energia dos clientes atendidos pela distribuidora em São Paulo. Além disso, colaborou para evitar a emissão de 4,7 mil toneladas de gás carbônico (CO2) na atmosfera. 

O processo para aderir ao programa é simples: basta apresentar a conta de energia em um dos pontos de coleta e receber o cartão Ecoenel. Após o cadastro, o cliente poderá levar os resíduos pré-separados por tipo até o ponto de sua preferência. Os consumidores também podem baixar gratuitamente o aplicativo do Ecoenel, disponível nas plataformas Android e iOS. 

No Ecoenel, os materiais serão pesados, e o valor do bônus é creditado automaticamente na conta de energia. Cada resíduo tem seu valor em quilo, unidade ou litro e, caso o valor da bonificação seja superior ao total da conta, o excedente é creditado automaticamente na fatura seguinte. 

Para agilizar o processo de entrega e pesagem dos resíduos, os materiais devem ser separados e limpos com antecedência. Papéis e plásticos, por exemplo, não podem estar sujos ou molhados. No caso das latas de alumínio, devem estar sem areia, pedra ou materiais que comprometam a pesagem. Segundo a responsável pela área de Sustentabilidade da Enel Distribuição São Paulo, Solange Mello, a companhia incentiva o consumo consciente entre os seus consumidores e promove o descarte correto dos resíduos, um dos principais desafios dos centros urbanos. 

“Recebemos os materiais separados e limpos pelos clientes e os encaminhamos para o processo de reciclagem. Acreditamos no engajamento dos clientes para descartar corretamente esses materiais, atitude tão importante para o meio ambiente, que ajuda ainda na redução das contas de energia”, complementa a executiva. 

O ecoponto de Santo André também recebe resíduos eletrônicos como aparelhos celulares, televisores, liquidificador, chuveiro, entre outros. Ao todo, podem ser coletados mais de 160 tipos de materiais eletrônicos.

Para preservar a saúde dos clientes, todas as unidades do Ecoenel estão seguindo os protocolos de higiene e segurança para a Covid-19, como o uso de máscaras, luvas e álcool em gel pelos colaboradores e orientações sobre o distanciamento mínimo. Confira abaixo os endereços e os horários de funcionamento dos ecopontos participantes da iniciativa: 

Mackenzie (São Paulo capital): Rua da Consolação, 968, na Universidade Mackenzie  

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h. 

Jaguaré (São Paulo capital): Rua Floresto Bandecchi, 128, na Sociedade Benfeitora Jaguaré   

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h às 12hs e das 13h00 às 17hs. 

Heliópolis (São Paulo capital): Rua Coronel Silva Castro, altura do n° 202     

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 16h. 

São João Clímaco (São Paulo capital): Rua São João Clímaco esquina com a Rua Luís Abodanza        

Horário de funcionamento: terça a sábado, das 8h às 12h30 e das 13h30 às 16h. 

Assaí Águia de Haia (São Paulo capital): Av. Águia de Haia, 2636      

Horário de funcionamento: terça a sábado, das 10h às 13h e das 14h às 17h. 

Assaí Guaianases (São Paulo capital): Estrada Dom João Nery, 4.031        

Horário de funcionamento: terça a sábado, das 10h às 13h e das 14h às 17h. 

Barueri (SP): Av. Marginal Direita (s/n), no Jardim Paulista, ao lado da UBS    

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 16h. 

Assaí Diadema (SP): Av. Piraporinha, 1144

Horário de funcionamento: terça a sábado, das 10h às 13h e das 14h às 17h. 

Assaí Santo André (SP): Rua Giovanni Battista Pirelli, nº 1221     

Horário de funcionamento: terça a sábado, das 10h às 13h e das 14h às 17h. 

Assaí Carapicuíba (SP): Av. Des. Dr. Eduardo Cunha de Abreu, 1455 – Vila Municipal

Horário de funcionamento: terça a sábado, das 10h às 13h e das 14h às 17h.

Comente aqui