Data: 19/11/2019 13:38 / Autor: Redação / Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Educação SP abre votação da final do concurso de música "Vozes pela Igualdade de Gênero"

Prazo vai até esta quarta; música vencedora será gravada em estúdio profissional


Educação SP abre votação online da final do concurso de música ‘Vozes pela Igualdade de Gênero’
Educação SP abre votação online da final do concurso de música ‘Vozes pela Igualdade de Gênero’

Crédito: Divulgação

Até esta quarta-feira (20) é possível participar da votação online que vai eleger a composição vencedora do concurso musical “Vozes pela Igualdade de Gênero” realizado pela Secretaria Estadual da Educação em parceria com o Ministério Público de São Paulo.

A música com o maior número de votos será a vencedora e gravada em estúdio profissional. Os autores das dez composições finalistas também vão receber certificados.

Para conferir os vídeos e votar é preciso acessar o portal da Seduc (https://sed.educacao.sp.gov.br/VotacaoOnline/VotacaoIgualdadeGenero2019) informar município e escola ou selecionar a opção “outros”, caso não seja de nenhuma escola. É possível votar mais de uma vez e em diferentes candidatos.

O concurso está em sua quarta edição e visa estimular o debate sobre a violência e respeito à diversidade de gênero entre os jovens e adolescentes. O tema deste ano é “A cor da minha pele dá poder à minha voz!”

Foram aceitas letras e músicas inéditas em qualquer estilo musical, compostas em língua portuguesa e respeitando o tema. As inscrições foram feitas individualmente ou em grupos de até cinco pessoas.

As dez músicas que chegaram até a final passaram antes pela seleção da escola, nas Diretorias de Ensino e por último por uma comissão julgadora formada por representantes do Ministério Público, da Secretaria da Educação e da área musical.

Confira os finalistas
-Bauru: O poder da Sua Luta, Escola Estadual Professor Ayrton Busch
Alunos: Giovanna Patrocinio, Geovanna dos Santos, Sara Justo Dayanne dos Santos Crivelaro, Jonathas Pereira Gonçalves Professoras orientadoras: Isabel Cristina Viegas Guion
-Guaratinguetá: O Poder da Voz, Escola Estadual Arnolfo Azevedo Alunos: Brendo Alex Ribeiro Faria, Naamã de Jesus Colores dos S. Nogueira, Victor Espíndola de Sousa, Laíssa Gabriele Barbosa Zezilia, Walkíria Ferreira Corsini Monteiro Carrapatoso
Professora orientadora: Janete Aparecida da Silva Pinto de Carvalho Monteiro
-Itapeva: Não Calo, Não, Escola Estadual Profª Nicota Soares
Alunos: Stefany Paola Simão Camargo, Maria Luiza Cascales da Silva, Nicole de Almeida, Gabriel Miquelino Lima, Maria Vitoria Correa Ferreira.
Professora orientadora: Maria Cristina de Oliveira Lopes
-São Paulo (Leste 3): O Poder Está Comigo, Escola Estadual Profa Zipora Rubinstein
Aluna: Kailany Miranda Da Silva Sanches
Professora orientadora: Fatima Regina Rodrigues da Silva
-São Carlos: Ancestralidade, da Escola Estadual Conde do Pinhal Aluna: Heloísa Ramos de Oliveira
Professora orientadora: Joice Cristina Sávio
-São João da Boa Vista: Mãe África, Escola Estadual de Tempo Integral Oscar Villares
Alunas: Marta Luciano Lucas e Lília Luciano Lucas
Professora orientadora: Maria Izabel Franzon
-São Vicente: A cor da Minha Pele, da Escola Estadual Drº Reynaldo Kuntz Busch
Aluna: Giovanna Vitória Pires
Professora orientadora: Tatiana Augusto Jimenes dos Santos
-Sertãozinho: Realidade Fechada, da Escola Estadual Professor José Luiz de Siqueira.
Aluna: Tauani Bispo Batista
Professor orientador: André Luis Ferreira Martins
-Sertãozinho: Menina Bonita, Escola Estadual Ferrucio Chiaratti Aluna: Luísa Souza Apolinário
Professor orientador: Emerson da Costa Alicrim
-São Paulo (Sul 3): Palavras Já não Bastam, da Escola Estadual Adelaide Rosa Fernandes Machado de Souza
Alunos: Emilly Dias Santos, Marlon Ferreira dos Santos, Ana Raquel Ferreira dos Santos, Fernanda Fernandes dos Prazeres e Letícia Conceição Santos.
Professor orientador: Wilson Lopes do Amaral.

Comente aqui