Data: 26/11/2021 20:57 / Autor: Redação / Fonte: Governo de São Paulo

Educação SP abre 261 novas vagas para Professores Orientadores de Convivência (POC)

Melhoria da segurança e do clima escolar estão entre as atribuições dos profissionais


Crédito: Reprodução

Uma escola segura, acolhedora e solidária é o mote do Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar (CONVIVA-SP), e para fazer deste pensamento uma efetiva prática a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) está criando 261 novas vagas de Professores Orientadores de Convivência (POC), que se somarão aos 977 já atuantes na rede estadual de ensino.

Os profissionais selecionados para atuarem como POC cumprirão uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. "Estes profissionais terão como principal atribuição dar um sentido positivo aos conflitos inerentes à convivência dentro do ambiente escolar", destaca o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares.

De acordo com gestor do CONVIVA, Mário Augusto Vitoriano Almeida, “O conflito vai existir, mas o POC tem que trazer novos olhares sobre o ele. Então, ele vai fazer a orientação e quando se faz a orientação a gente não faz só com os envolvidos, a gente inclui o ambiente onde isto aconteceu, como está o clima desse ambiente. Além dos atores envolvidos que outras causas podem estar envolvidas nesse conflito?”. Esse pensamento faz parte das reflexões de atuação do POC”.

Fazer um bom aproveitamento dos conflitos, com o adequado recorte da situação e a orientação necessária a um desfecho positivo é a aposta do CONVIVA para melhorar também a aprendizagem, privilegiada em um ambiente escolar mais seguro e agradável.

O POC atua ainda como um articulador com as redes protetivas das unidades escolares, como as Unidades Básicas de Saúde (UBS) os Conselhos Tutelares, os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), entre outros. O contato dos profissionais com estes órgãos ajuda a garantir um atendimento mais humanizado aos alunos para além dos muros escolares.

Comente aqui