Data: 20/11/2019 20:28 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Deputado do PSL propõe homenagem a Augusto Pinochet na Alesp

Frederico d'Avila (PSL-SP) diz que Pinochet impediu violação de Direitos Humanos e propõe homenagem na Alesp. O ato foi marcado para 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos


Crédito: Reprodução TV ALESP

O deputado estadual Frederico d'Avila (PSL-SP) marcou um ato solene na agenda da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) em memória do ditador Augusto Pinochet, que governou o Chile entre 1973 e 1990. A homenagem foi marcada na agenda oficial da Alesp para 10 de dezembro, data que é Dia Internacional dos Direitos Humanos e também aniversário da morte de Pinochet. O evento foi protocolado na semana passada.

Para d'Avila, o ditador chileno "conduziu seu governo de forma brilhante, impedindo que o cenário ditatorial e violador de direitos humanos cubano e soviético da época se instalasse no seio da sociedade chilena". Ainda segundo o deputado, "a visão comunista" não consegue entender "o bem que ele fez àquele país e à América Latina".

A ditadura militar chilena levou 200 mil pessoas ao exílio, torturou milhares e deixou mais de três mil mortos, sem contabilizar os desaparecidos. Próximo ao partido bolsonarista em formação, Aliança pelo Brasil, e ao deputado federal Eduardo Bolsonaro, d'Avila foi assessor do programa de Governo para o agronegócio da candidatura do presidente Jair Bolsonaro em 2018. Está no seu primeiro mandato.

PSOL PEDE PERDA DE MANDATO

Com a repercussão do evento nesta quarta-feira, o mandato da Bancada Ativista, do PSOL anunciou que irá protocolar no Ministério Público um pedido de investigação de d'Avila por ato de improbidade administrativa.

Para a Bancada a homenagem soa como provocação "especialmente neste momento em que o Chile vive uma convulsão social em que a população se mobiliza contra o pacote neoliberal aplicado pelo governo do presidente Piñera". D'avila já havia associado as manifestações chilenas ao Foro de São Paulo em postagem em outubro deste ano.

Comente aqui