Data: 25/11/2021 12:39 / Autor: Redação / Fonte: Prodesp

Data Center da Prodesp na Mooca, em São Paulo, ganha certificado ISO27001

Infraestrutura de Certificação Digital possui padrão internacional de gestão da Segurança da Informação


Data Center da Prodesp na Mooca, em São Paulo, ganha certificado ISO27001
Data Center da Prodesp na Mooca, em São Paulo, ganha certificado ISO27001

Crédito: Reprodução

O Data Center da unidade Mooca da Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo - foi reconhecido pela norma ISO 27001 e referendado pela ANAB (ANSI-ASQ National Accreditation Board). A sede da Companhia, em Taboão da Serra, também é legitimada pela norma, desde 2006. 

A certificação da infraestrutura da Mooca resultou de um ciclo de Auditorias Externas do Sistema Integrado de Gestão de TI – ISO realizado em outubro. O Data Center da unidade na capital paulista concentra seus processos no serviço de Certificado Digital, agregado ao portfólio da Prodesp, após a incorporação da Imprensa Oficial, e trata-se de um documento eletrônico que confere validade jurídica para transações eletrônicas de pessoas físicas e jurídicas. 

A Companhia trabalha para garantir excelência nas soluções oferecidas a seus clientes e para isso é preciso contar com uma boa infraestrutura de segurança digital, que é a base de negócios da empresa. “A certificação com o ISO mostra que estamos no caminho certo e nos motiva a investir cada vez mais em eficiência operacional”, destaca o Diretor de Operações, Douglas Viudez. 

Dona de um dos maiores Data Centres da América Latina, a Prodesp tem como missão oferecer sempre as melhores experiências, por meio de soluções tecnológicas inovadoras, zelando pela segurança das informações.  

“Ficamos felizes em receber essa certificação tão importante, que confere à unidade Mooca o mesmo padrão internacional de Segurança da Informação que já possuímos em Taboão da Serra. Esse reconhecimento é fundamental para sinalizarmos a qualidade de nossos serviços ao mercado de Tecnologia”, destaca André Arruda, presidente da Prodesp.

Comente aqui