Data: 05/06/2020 09:31 / Autor: Redação / Fonte: Coca-Cola FEMSA Brasil

Coca-Cola FEMSA Brasil alcança a marca de 75 milhões de PET reciclados

Centro de reciclagem em São Paulo, SustentaPET, aumenta a aquisição de material reciclado para fazer embalagens sustentáveis


No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado hoje, a Coca-Cola FEMSA Brasil, maior engarrafadora de produtos Coca-Cola no mundo em volume de vendas, atingiu a marca de 75 milhões de garrafas PET coletadas e prensadas na central de resíduos pós consumo em São Paulo, a SustentaPET. O total equivale a mais de 3.000 toneladas de PET que foram destinadas corretamente para a indústria da reciclagem.

O êxito da iniciativa, em parceria com a Coca-Cola Brasil, é resultado dos desafios da empresa de transformar o resíduo pós consumo, retornando-o ao processo produtivo e fazendo novas embalagens, fomentando toda a cadeia de reciclagem e cada um de seus atores. Também é resultado de um compromisso global de, até 2030, coletar e reciclar o equivalente a 100% das embalagens colocadas no mercado. Com o projeto, a empresa compra garrafas PET que são vendidas à indústria recicladora e, dessa forma, contribui para que esse material tenha um novo ciclo de uso na indústria, fomentando a economia circular dessas embalagens.

"A Coca-Cola FEMSA tem como missão gerar valor econômico e bem estar social e ambiental nos lugares onde está presente. Como empresa, temos a responsabilidade de contribuir com o meio ambiente ao transformar resíduos em novos materiais, além de ajudar as pessoas envolvidas em toda a cadeia da reciclagem", afirma Camila Amaral, diretora Jurídico e Assuntos Corporativos, da Coca-Cola FEMSA Brasil.

A SustentaPET tem capacidade de armazenamento de 1.3 toneladas de PET por mês. Desde o início da operação já foram coletadas 3.000 toneladas de PET, de 46 fornecedores fidelizados entre cooperativas, catadores individuais, ferros-velhos e sucateiros. Diariamente, 700.000 garrafas são coletadas, 25.000 garrafas prensadas (na máquina antiga) e 750.000 na nova prensa em sua capacidade máxima. Toda a operação do SustentaPET é sem fins lucrativos e o dinheiro da venda para a indústria recicladora é reinvestido na operação comandada pela Coca-Cola FEMSA..

Em tempos de Covid-19

A pandemia do coronavírus afetou toda a cadeia da reciclagem, com a paralisação ou redução da coleta seletiva nos municípios, das cooperativas e da diminuição do volume de resíduos no comércio e nas ruas. Além disso, a manipulação de resíduos se torna um risco para as pessoas. Para ajudar os catadores e cooperados, a Coca-Cola FEMSA Brasil, em parceria com a Coca-Cola Brasil, está contribuindo por meio da plataforma reciclar pelo Brasil, na garantia da renda mínima aos catadores das cooperativas participantes do programa durante o período da pandemia.

Comente aqui