Data: 16/10/2019 15:14 / Autor: Redação / Fonte: assessoria

Canada Intercambio promove palestra on-line para profissionais de enfermagem

Durante a palestra on-line, os participantes conhecerão as oportunidades existentes no Canadá para profissionais de enfermagem


Crédito: Depositphotos

No próximo dia 19 de outubro, sábado, às 10h, o consultor educacional da Sprott Shaw College, Luiz Pion, ministrará uma palestra on-line interativa gratuita sobre “Enfermagem no Canadá: um caminho para estudar, validar o seu diploma e trabalhar”. Os interessados devem acessar o link. Luiz representa uma das faculdades mais tradicionais do Canadá, fundada em 1903, com 16 campus na Província British Columbia e mais de 130 cursos universitários.

Durante a palestra on-line, os participantes conhecerão as oportunidades existentes no Canadá para profissionais de enfermagem. As áreas da saúde no país têm uma grande demanda por profissionais qualificados, uma vez que o envelhecimento da população exige maior uso do sistema unificado de saúde no país, que mantém todos os hospitais públicos. De acordo com a CEO da Canada Intercambio, Rosa Maria Troes, no Canadá, os profissionais brasileiros terão a oportunidade de se aperfeiçoarem no inglês técnico; cursos superiores (de 9 meses a dois anos) voltados para ciências aplicadas que ensinam a prática do que o mercado de trabalho canadense exige, além de college e universidade. Se o profissional estudar por dois anos, o governo canadense autoriza meio período para trabalho.  “O college é um curso que, realmente, prepara o profissional com atividades práticas diariamente. Ao terminar o curso, a pessoa já está pronta para enfrentar o mercado de trabalho”, ressalta Rosa.

O salário médio hoje de um enfermeiro está em torno de CAD$19 a 20/hora. Considerando que o turno são de 4h a 12h. Já para o técnico está em torno de CAD14/hora.

Agora, para aqueles que buscam residência permanente no Canadá, a especialização em enfermagem pode favorecer nessa questão. “O governo canadense é muito criterioso na seleção de imigrantes. Por isso, cursos profissionais e atividades realizadas no país contam muitos pontos para a aplicação da residência permanente. É importante lembrar que a imigração é um processo demorado, que exige muito investimento e a revalidação do diploma brasileiro”, declara o sócio e diretor de operações da Canada Intercambio e consultor do Conselho de Regulamentação de Imigração (www.imigrarparaocanada.com.br), Ed Santos.

Informações sobre o palestrante: Luiz Pion é formado em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, pós-graduado em Marketing pela Universidade de São Paulo e em Administração pelo Langara College, em Vancouver, no Canadá. Sua carreira na área de educação iniciou há 14 anos. Sua primeira experiência foi na Universidade Metodista de São Paulo como coordenador de Comunicação na Universidade Metodista de São Paulo. Depois ingressou na conceituada Fundação Salvador Arena como gerente de Comunicação. Há três anos, mora em Vancouver e atualmente é responsável pelos alunos internacionais vindos do Brasil, América Latina e Europa no Sprott Shaw College.

Comente aqui