Data: 10/04/2013 17:48 / Autor: Redação / Fonte: Oficina de Comunicação

Camex atende pedido da Abit e aprova alíquota zero para importação de algodão

A desoneração valerá para 80 mil toneladas entre 1º de maio e 31 de julho


 

Ontem, após reunião, a Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) aprovou o pedido de alíquota zero para a importação de fibra de algodão, solicitado pela Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), Abrapa (Associação Brasileira dos Produtores de Algodão) e Anea (Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea) pelo período de dois meses.

A desoneração valerá para 80 mil toneladas entre 1º de maio e 31 de julho.

Antes da medida, a alíquota do produto era 10%. A ação aprovada atende a reivindicações do setor privado: a entressafra, que ocorre nos meses de maio, junho e julho, gera escassez de matéria-prima para o setor têxtil.

Aguinaldo Diniz Filho, presidente da Abit, destaca a importância da aprovação. “A medida ajudará a repor os estoques da indústria para abastecer o mercado interno e aumentar nossa competitividade”, disse.

De acordo com a resolução nº27, de 9 de abril, a Secretaria de Comércio Exterior (SECEX) poderá editar a norma estabelecendo os critérios de uso da alíquota nos próximos dias.

Comente aqui