Data: 04/05/2022 13:22 / Autor: Redação / Fonte: ARTESP

Câmeras de monitoramento agilizam o atendimento nas rodovias concedidas

Fiscalização por câmeras inteligentes apoiam o trabalho das concessionárias e dão agilidade no atendimento aos usuários


Crédito: ARTESP

Cerca de três mil câmeras em pontos estratégicos auxiliam na mobilidade, segurança, fluidez, identificação de acidentes, interdições e agilizam ainda mais o socorro a motoristas na malha viária concedida, sob gerenciamento da ARTESP - Agência de Transporte do Estado de São Paulo. A instalação, manutenção e atualização periódica dos equipamentos de videomonitoramento estão previstas nos contratos de concessão

As câmeras são fundamentais para o direcionamento das equipes de inspeção das concessionárias e dos agentes de resgate em casos de urgências e emergências.  Do total de 2.966 câmeras distribuídas pelas rodovias sob concessão, mais de 40% (1.199) possuem a tecnologia IVA (Análise Inteligente de Vídeo), capaz de detectar todo tipo de movimentos  e interferências nas vias, aumentando a precisão dos atendimentos. Os dados flagrados são utilizados como mapeamento do tráfego e definição de novos locais que necessitam de investimentos, com objetivo de disponibilização das melhores condições de segurança e conforto  a quem viaja. 

Os Centros de Controle Operacional (CCOs) das concessionárias integrantes do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo são responsáveis pela coordenação da logística de direcionamento das viaturas de cada rodovia para o atendimento às ocorrências na pista e monitoramento do tráfego, além da manutenção do serviço SOS Usuário.

As imagens, reproduzidas em monitores no Centro de Controle de Informações (CCI), na sede da Agência reguladora, são fundamentais para o monitoramento, supervisão e apoio aos serviços prestados pelas concessionárias.

“A tecnologia está aí e devemos utilizá-la como aliada, para garantir a maior eficiência no tráfego. Pode ser qualquer tipo de anormalidade, desde um veículo parado, queda de uma árvore ou carga sobre a faixa de rolamento - nada escapa do olhar atento dos colaboradores do CCI. O trabalho deles é  fundamental na cooperação para a construção de um trânsito mais seguro”, afirmou Milton Persoli, diretor-geral da ARTESP.

O sistema do CCI controla as informações e registros de fluxo de veículos, incidência de congestionamentos, erosões e acidentes nos trechos administrados pelas concessionárias. Além disso, a tecnologia em operação pode ajudar o condutor a planejar melhor sua viagem, através do acompanhamento das redes sociais da ARTESP.

VIDEOMONITORAMENTO

O motorista é monitorado desde que inicia o trajeto nas rodovias concedidas.  O condutor também pode obter informações sobre a rodovia que vai utilizar, como obras em andamento, interdições ou desvios no site oficial da ARTESP. A partir da adoção de tecnologia avançada, os colaboradores do Centro de Controle de Informações (CCI) da ARTESP acompanham detalhes da circulação de veículos, medem o fluxo e emitem boletins de hora em hora.

“O monitoramento nas rodovias reforça ações das concessionárias e as informações obtidas garantem a boa fluidez e o respeito às regras de trânsito”, afirma o diretor de Operações da ARTESP, Walter Nyakas.

Os equipamentos são utilizados inclusive pela Polícia Militar Rodoviária, para monitorar as rodovias e esclarecer ocorrências por meio de imagens. A ideia é também coibir os condutores a praticarem irregularidades e desrespeito às leis de trânsito, como a ultrapassagem do limite de velocidade regulamentada para o trecho da via.

Comente aqui