Data: 19/06/2019 14:38 / Autor: Redação / Fonte: CAIXA

CAIXA firma termo de compromisso com CPB para inclusão social

Projeto integra as ações da CAIXA como o Banco da Inclusão


O governador do Estado de São Paulo, João Doria, participa da cerimônia de assinatura de Termo de Compromisso entre a CAIXA e o Comitê Paralímpico Brasileiro
O governador do Estado de São Paulo, João Doria, participa da cerimônia de assinatura de Termo de Compromisso entre a CAIXA e o Comitê Paralímpico Brasileiro

Crédito: Governo do Estado de São Paulo

A CAIXA firma nesta quarta-feira (19) em São Paulo termo de compromisso com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para realizar a inclusão social de pessoas com deficiência (PcD) por meio de atividades esportivas, culturais e educativas. O evento de assinatura do termo conta com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, do governador de São Paulo, João Doria, do presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, e do presidente do CPB, Mizael Conrado.

A nova parceria com o CPB integra as ações da CAIXA como o Banco da Inclusão, que se propõe a criar oportunidades para todos os brasileiros, estimulando a inclusão e a cidadania, sem distinção. Dentro dessa estratégia, a CAIXA planeja abrir centros de inclusão por todo o país. Além de atividades esportivas, os centros vão oferecer palestras, oficinas para iniciação cultural, e educação financeira e ambiental, entre outras atividades de inclusão e integração social.

Em São Paulo, o acordo prevê que o Centro Paraolímpico, que passará a ser chamado “Centro Paraolímpico CAIXA”, promova a iniciação anual de 550 crianças PcD de 10 a 17 anos, alunos das redes públicas municipal e estadual. Serão oito modalidades oferecidas: atletismo; natação, judô, futebol de 5, vôlei sentado, bocha, goalball e tênis de mesa. No projeto, as crianças receberão todo o material esportivo necessário para as atividades, lanches, transporte adequado e contarão com professores e estagiários qualificados.

O projeto atenderá, também, adultos e idosos, além de empregados da CAIXA com deficiência. O investimento total é de R$ 10 milhões, num prazo de 4 anos, com recursos do Fundo Socioambiental CAIXA.

Para o presidente Pedro Guimarães, o acordo de cooperação reafirma o compromisso da CAIXA em prol da inclusão da pessoa com deficiência, por meio do esporte, da cultura e da educação. “Reforçamos o posicionamento da CAIXA como o Banco da Inclusão e o seu interesse em fortalecer as políticas públicas paradesportivas como instrumento de inclusão social.”, comentou.

Banco da Inclusão

A CAIXA se consolida como o Banco da Inclusão, que oferece acesso e cria oportunidades para todos os brasileiros, e estimula a inclusão e a cidadania, sem distinção. O objetivo é facilitar o acesso da população de baixa renda a serviços financeiros e produtos bancários, transformar a sociedade com projetos inclusivos e apoiar projetos que promovam a inclusão por meio do esporte, da cultura e da educação.

Fundo Socioambiental CAIXA

O Fundo Socioambiental CAIXA atua no apoio a projetos socioambientais que contribuem para superação das desigualdades econômicas, sociais e regionais, e como agente estratégico no apoio às ações governamentais de redução da pobreza e do combate à exclusão social.

Contratação de empregados PcD

Ainda entre as ações do Banco da Inclusão, a CAIXA vai dar prioridade às Pessoas com Deficiência (PcD) na contratação dos aprovados no concurso público de 2014. A ideia é que pelo menos metade dos novos empregados sejam PcDs. A ação reforça o compromisso do banco em fortalecer uma cultura de respeito e valorização da diversidade, para promover a igualdade de oportunidades e eliminar todas as formas de preconceito e discriminação.

Os convocados serão lotados em agências prioritárias, mapeadas a partir de estudos realizados pela CAIXA. As convocações observarão a ordem classificatória por polo de aprovação. Mais de 300 candidatos já foram chamados para as etapas pré-admissionais. A assinatura dos primeiros contratos de trabalho está prevista para acontecer em 1º de julho.

Comente aqui