Data: 09/12/2021 11:32 / Autor: Redação / Fonte: Fábrica de Cultura

Bibliotecas das Fábricas de Cultura incentivam diversidade na literatura

Atividades transmitidas pelo Youtube das Fábricas de Cultura destacam as produções do autor indígena Daniel Munduruku e da escritora estadunidense negra Octavia Butler


O "Sarauteca online", realizado pela Equipe de Biblioteca, mistura música, dança, poesia e interpretação
O "Sarauteca online", realizado pela Equipe de Biblioteca, mistura música, dança, poesia e interpretação

Crédito: Alberto Santos

As bibliotecas das Fábricas de Cultura, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerenciadas pela Poiesis, irão promover em dezembro diversas atividades que buscam valorizar a diversidade da produção literária. As atividades são gratuitas e serão transmitidas pelo Youtube das Fábricas de Cultura .

Equipes das Bibliotecas irão trabalhar com livros e autores nacionais e internacionais ao longo do mês de dezembro, buscando ampliar o debate sobre questões relevantes para a sociedade brasileira entre adultos, jovens e crianças.

No dia 10, o público poderá participar de duas atividades: a primeira, que será realizada das 11h às 12h, é o "Sarauteca online". Após um ano da primeira edição desse encontro, a Equipe de Biblioteca da Fábrica de Cultura Jardim São Luís retorna com mais um compilado artístico em vídeo que mistura música, dança, poesia e interpretação.

Mais tarde, das 15h às 16h, será disponibilizado no SoundCloud das Fábricas de Cultura a contação de história do livro "Foi vovó que disse", do escritor indígena Daniel Munduruku. A atividade ocorre no Dia Internacional dos Povos Indígenas e busca promover um resgate ancestral indígena por meio da história do livro.

A programação também dará destaque a escritora negra e norte-americana Octavia Butler (1947-2006). Considerada a dama da ficção científica, Octavia criou histórias sobre racismo e preconceito dentro deste gênero literário. A atividade "Octavia Butler: Mulher Preta e Dama da Ficção Científica", realizada no dia 11 de dezembro, das 15h às 16h, pretende trazer um pouco da vida da escritora que ganhou os principais prêmios de autores de ficção científica nos anos 1980 e quebrou barreiras na luta pelas mulheres e no combate ao racismo dentro do meio literário.

Na atividade "Com qual penteado eu vou?", realizada no dia 14 de dezembro, das 15h às 16h, a Equipe de Biblioteca da Fábrica de Cultura Brasilândia utiliza o livro de Kiusam de Oliveira para dialogar sobre a sabedoria africana. A proposta é mostrar como a valorização da ancestralidade utiliza da espiritualidade, alegria, potência e beleza, sendo um dos maiores elos de sobrevivência, resistência e expansão do povo preto.

SERVIÇO:

Fábrica de Cultura Brasilândia

COM QUAL PENTEADO EU VOU?

Com: Equipe de Biblioteca

14/12 - Terça-feira - 15h às 16h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Plataforma: Youtube

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

SARAUTECA ONLINE

Com: Equipe de Biblioteca

10/12 - Sexta-feira - 11h às 12h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Plataforma: Youtube

Fábrica de Cultura Jaçanã

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA: "FOI VOVÓ QUE DISSE", DE DANIEL MUNDURUKU

Com: Equipe de Biblioteca

10/12 - Sexta-feira - 15h às 16h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Plataforma: SoundCloud

Fábrica de Cultura Diadema

OCTAVIA BUTLER: MULHER PRETA E DAMA DA FICÇÃO CIENTÍFICA

Com: Equipe de Biblioteca

11/12 - Sábado - 17h às 18h

Faixa Etária: maiores de 10 anos

Participação: Aberta ao Público

Plataforma: Youtube

Comente aqui