Data: 09/04/2013 18:54 / Autor: Redação / Fonte: Ateb

Banca de jornal aumenta mix de produtos

Projeto aprovado por unanimidade amplia lista de produtos e serviços comercializados nesses estabelecimentos; iniciativa é do vereador José Américo


 

As bancas de jornal e revistas da capital paulista poderão oferecer ao público uma listagem maior de produtos e serviços. O projeto de lei (PL) 562/2011, de autoria do vereador José Américo (PT), atual presidente da Câmara Municipal de São Paulo, foi aprovado por unanimidade em segunda votação na sessão dessa terça-feira (9/4). A proposta segue agora para sanção do prefeito Fernando Haddad.

A iniciativa, que amplia o portfólio de itens disponíveis para comercialização, possibilita, entre outros itens, a checagem de e-mails e a retirada de encomendas entregues pelos Correios e outras empresas do setor. “Para evitar a descaracterização da atividade inicial do negócio, 70% do espaço interno útil desses estabelecimentos será destinado ao segmento editorial, ficando 30% para as demais categorias de produtos”, explica José Américo.

Pela proposta aprovada, as bancas de jornal e revista poderão vender bebidas não alcoólicas, doces e salgados industrializados, artigos eletrônicos e ferramentas de pequeno porte, gêneros de higiene e beleza, além de itens de papelaria, vestuário e telefonia.

“A aprovação dessa medida serve para evitar queda no faturamento desses estabelecimentos, que têm de enfrentar a concorrência com supermercados, farmácias e lojas de conveniência, que não contam com restrição alguma na comercialização de produtos típicos das bancas”, aponta o presidente da Câmara Municipal de São Paulo.

Comente aqui