Data: 01/07/2022 17:49 / Autor: Andréa Brock / Fonte: ABCdoABC

Balanço da Brock – 01/07/2022

Aqui você encontra diversidade, democracia, política, eventos, economia, cultura, sociedade, miscigenação, bichos e muito mais. Tudo junto e misturado


Mudança de rumo? 

Fontes próximas ao ex-governador de São Paulo, Márcio França, dizem que é quase certa a sua desistência à disputar o Governo do Estado de São Paulo. 
Algumas pesquisas eleitorais já estão sendo realizadas sem seu nome. 
No tabuleiro do jogo, grandes apoios de França pedem que ele saia candidato a Senador por São Paulo. Dessa forma aumentam as chances de Fernando Haddad arrancar com maior número de votos no primeiro turno e aumentar a distância entre os outros dois candidatos mais destacados nas pesquisas eleitorais: o atual governador Rodrigo Garcia, do PSDB, e Tarcísio de Freitas, do Republicanos, candidato do presidente Bolsonaro. 

França nega 

A hipótese é negada por Márcio França, que em suas redes sociais mantém a posição de que será candidato a governador por São Paulo. Ontem, inclusive, França gravou um vídeo em seu Instagram falando sobre o assunto. Márcio afirma em seu vídeo que faz um mês que insistem em dizer que ele não será candidato a governador, mas que ele está no segundo turno de acordo com Pesquisa DataFolha divulgada na quarta-feira. Porém a mesma pesquisa simula a hipótese de França fora da disputa. “É difícil esse Márcio França hein”, brinca no vídeo o ex-governador. 

Sem rejeição 

Com eleitores na esquerda e também no centro, Márcio é considerado um candidato de pouca rejeição, porém com dificuldade na arrancada. Se mantiver seu nome na disputa, Márcio corre o risco de não ir para o segundo turno, que ao que tudo indica promete disputa acirrada entre os candidatos Rodrigo Garcia e Tarcísio de Freitas. Por ter tido um ótimo desempenho nas últimas eleições em 2018, com pouquíssima diferença de votos com João Doria, a menor da história do Estado, apenas 740 mil votos, o grupo político de França acredita em uma vitória sem tantas dificuldades para o Senado. 

Chamou a atenção 

Outro ocorrido no dia de ontem chamou a atenção para uma possível disputa de Márcio França ao Senado e não mais para o Governo de São Paulo. O apresentador de TV, José Luiz Datena, anunciou ontem em seu programa, o Brasil Urgente, que desistiu da ideia de ser candidato ao Senado por São Paulo. Ele havia sido apresentado como pré-candidato com o apoio do presidente Bolsonaro. E Márcio França fez um manifesto para Datena em sua conta no Facebook com os seguintes dizeres: “Amigo, Para mim, vc sempre será Embaixador do Povo. Os mandatos de todos nós, políticos eventualmente eleitos, são passageiros e provisórios.

O seu é definitivo !

Atemporal

Porque é popular !

Vem conosco ajudar SP e o Brasil mais democráticos e livres !

A atitude foi vista nos bastidores políticos como um sinal de que Datena poderia estar retirando seu nome da disputa para favorecer a possível candidatura de França ao Senado. É aguardar para ver.

Comente aqui