Data: 13/11/2019 16:21 / Autor: Redação / Fonte: Governo do Estado de São Paulo TCESP

Após 1 mês, aplicativo do TCESP reúne mais de 16 mil escolas da rede pública

Balanço da ferramenta mostra que no período de 31 dias, foram registrados 186 elogios, 77 reclamações e 42 sugestões


Após 1 mês, aplicativo do TCESP reúne mais de 16 mil escolas da rede pública
Após 1 mês, aplicativo do TCESP reúne mais de 16 mil escolas da rede pública

Crédito: Divulgação

Um mês após o lançamento oficial, o aplicativo ‘Olho na Escola’ do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) já possui mais de 16 mil escolas da rede pública em seu cadastro. A ferramenta permite que o interessado – pais, alunos, professores, diretores, funcionários, e outros – participe da gestão das unidades escolares com o envio de sugestões, elogios e reclamações.

De acordo com balanço divulgado pelo Tribunal de Contas, desde sua implantação, em 11 de outubro, o aplicativo já conta com 16.891 escolas cadastradas – 5.724 municipais (exceto as da rede da Prefeitura da Capital) e 11.167 sob a responsabilidade do Estado. Disponível para download nas lojas digitais de aplicativos Play Store e Apple Store, a ferramenta, desenvolvida pelo Departamento de Tecnologia da Informação (DTI), já foi baixada 2.690 vezes.

Balanço

No período de 31 dias – entre 12 de outubro a 12 de novembro –, a quantidade de elogios à qualidade da Educação nas escolas da rede pública do Estado de São Paulo foi superior às reclamações e sugestões. O aplicativo registrou 186 elogios, 77 reclamações e 42 sugestões direcionadas aos gestores das unidades escolares.

Dos elogios, 156 foram encaminhados para escolas da rede municipal e 30 para as unidades estaduais. Desse total, interagiram com a plataforma, pais ou responsáveis (61), funcionários (54), professores (36), alunos (5) e outros (30). Os docentes acumulam o maior número de mensagens recebidas, com 66 elogios, no total. Em seguida, aparece a merenda escolar, com 31 registros.

Ainda segundo o levantamento, a maior parte das reclamações refere-se a unidades escolares estaduais (40), e são oriundas do descontentamento de pais ou responsáveis (45) e de alunos (11). Entre as queixas mais comuns aparecem às relativas à segurança, faltas excessivas de professores às aulas, ventilação, ausência de professores para disciplina, uniformes e variedade da merenda.

Entre as sugestões, a maioria foi destinada à rede municipal (29) e partiu de funcionários (16), professores (12), pais ou responsáveis (9), alunos (2) e outros (3), e trataram sobre adequações e melhorias das salas de aula, da segurança e da merenda escolar. A acessibilidade aos laboratórios, condições de quadras esportivas, refeitórios, e bibliotecas também foram temas das recomendações.

Os dados do levantamento estão dispostos no infosite ‘Olho na Escola’ (www.tce.sp.gov.br/olhonaescola). Um painel estatístico mostra, em tempo real, gráficos e mapas e todas as interações recebidas pelo aplicativo. A página ainda reúne informações e orientações sobre as funcionalidades do aplicativo.

Comente aqui