Data: 28/06/2022 13:56 / Autor: Redação / Fonte: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Adesão à Nova Carreira possibilita salário inicial de R$ 5 mil para docentes

Medida também se estende a diretores e supervisores que realizarem o procedimento até esta quarta (29)


Educação
Educação

Crédito: Daniel Guimarães/EducaçãoSP

Os profissionais do Quadro de Magistério (QM) da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo (Seduc-SP) que querem receber já em julho os benefícios previstos na Nova Carreira Docente têm até amanhã (29) para aderir ao modelo, data limite do fechamento da folha de pagamento estadual. Quem optar pela migração, integrará ao regime de progressão que fixou o salário inicial em R$ 5 mil para professores, R$ 6 mil para diretor e R$ 6,5 mil para supervisor. 

De acordo com a Lei Complementar nº 1.374, que instituiu os novos Planos de Carreira e Remuneração do QM, a medida é válida também para os supervisores e diretores de escola que compõem a rede de ensino da Seduc-SP. Ainda segundo a legislação, esses profissionais possuem carreiras específicas e também poderão ser contemplados com aumentos salariais, caso optem pela migração. 

Para os docentes da rede, a Nova Carreira amplia as possibilidades de crescimento profissional e inova o padrão de progressão existente. A partir de agora, para evoluir na carreira, o servidor que optar pelo novo modelo, terá duas formas de progressão: por desempenho e por desenvolvimento. Ambas as modalidades abrangem o foco na melhoria da aprendizagem dos estudantes com formações e avaliações centradas na prática docente. 

Em relação ao incremento financeiro para os professores, o salário inicial representa um aumento de 30% se comparado com o piso nacional bruto aprovado no início do ano. Além disso, o modelo, que possui 15 referências salariais, oferece valores mais atrativos e um topo de carreira de R$ 13 mil. No caso de diretores de escola e supervisores de ensino, esse valor chega a R$ 14,5 mil e R$ 15 mil, respectivamente. 

Para realizar adesão, que é opcional, o servidor deve acessar a Secretaria Escolar Digital (SED) e seguir os passos descritos no sistema. A ferramenta possui um simulador que permite uma comparação entre a atual folha de pagamento e a do novo modelo. Para o esclarecimento dúvidas, o profissional pode consultar o FAQ, que reúne as principais perguntas em relação à Nova Carreira ou entrar em contato com a Seduc-SP por meio da Central de Atendimento. 

Comente aqui