Data: 27/10/2021 14:21 / Autor: Redação / Fonte: SBACV

Ação em metrô promove conscientização sobre os riscos da trombose

Passageiros que utilizam as estações São Paulo-Morumbi e Largo Treze receberão folhetos informativos sobre a doença


Crédito: Divulgação

Nos dias 29 de outubro e 3 de novembro será realizada uma ação de cidadania com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos que a trombose traz às pessoas. Os passageiros que utilizam as estações do Metrô São Paulo-Morumbi (Linha 4 Amarela) e Largo Treze (Linha 5 Lilás) receberão folhetos informativos sobre a doença, a incidência no Brasil e no mundo, quem possui maior risco de desenvolver a trombose, os sintomas e o que fazer para preveni-la.

A iniciativa é da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular Nacional (SBACV) juntamente com a SBACV Regional São Paulo que criaram a campanha #Cancele a Trombose que já contou com várias ações durante este mês em que se comemora o Dia Mundial de Combate à Trombose (13/10). Entre elas a participação do jornalista Leão Lobo (@leaolobotv), que foi o responsável por repercutir a notícia nas redes sociais, de forma leve e descontraída, para outros influenciadores sobre um “cancelamento do bem”, que revelou a importância de abolir essa doença da vida das pessoas; a iluminação do Viaduto do Chá (SP); uma performance na Av. Paulista, em frente ao MASP, com 16 pessoas caracterizadas de trombos que formaram o nome da Campanha #CanceleATrombose.

A campanha já alcançou milhares de pessoas por meio das redes sociais, e agora quer atingir o público que utiliza o metrô, por ser um local de grande circulação. No site www.canceleatrombose.com.br é possível encontrar outras informações desta ação de utilidade pública.

Sobre a doença

A trombose é a formação de coágulos dentro dos vasos sanguíneos, onde o sangue no estado líquido se transforma numa “massa” de células e em outros elementos que podem obstruir parcialmente ou na totalidade os vasos.

Algumas pessoas, por hábitos ou circunstâncias, têm mais riscos de desenvolver trombose, como as obesas, sedentárias, tabagistas, as que passaram por cirurgias ou períodos imobilizadas, mulheres grávidas, usuárias de estrogênio, as que têm câncer e as que estão ou estiveram contaminadas com a Covid-19. A ocorrência da doença também aumenta linearmente com a idade.

Muitas vezes a trombose não tem sintomas claros, mas geralmente acontece em uma das pernas (raramente nas duas). Sentir dores, vermelhidão ou enrijecimento de um dos membros inferiores podem ser sintomas da trombose, por isso é importante fazer uma consulta com seu médico.

Comente aqui