Data: 09/01/2020 13:23 / Autor: Redação / Fonte: Theatro Municipal de São Paulo

'Baixa Terapia' no Theatro Municipal de São Paulo

Debochada comédia com Antonio Fagundes, Mara Carvalho, Alexandra Martins, Ilana Kaplan, Fábio Espósito e Guilherme Magon, terá duas sessões no Theatro Municipal com ingressos a R$ 5


Baixa Terapia
Baixa Terapia

Crédito: divulgação

A comédia Baixa Terapia, que tem no elenco Antonio Fagundes, Mara Carvalho, Alexandra Martins, Ilana Kaplan, Fábio Espósito e Guilherme Magon, se prepara para a temporada paulistana de 2020. O espetáculo, que é um sucesso e já reuniu 300 mil espectadores em suas mais de 400 apresentações, retoma nos dias 16 e 17 de janeiro com duas sessões no Theatro Municipal de São Paulo – parte de um projeto que busca retomar as peças teatrais à programação regular de um dos palcos mais importantes da capital paulista. A curadoria se baseia em montagens profissionais que já tenham estado em cartaz, mas agora poderão ser vistas a R$ 5. A partir do dia 18, o espetáculo retorna ao Teatro Tuca para curta temporada, até o dia 29 de março.

A debochada comédia de Matias del Federico já esteve em cartaz nos Estados Unidos, ficou por três meses em Portugal e passou por mais de vinte cidades no Brasil. Com adaptação de Daniel Veronse e direção de Marcos Antônio Pâmio, a peça reúne três casais que não se conhecem e que se encontram inesperadamente em um consultório para sua sessão habitual de terapia. Dessa vez, descobrem que a psicóloga não estará presente e, a partir daí, vem à tona queixas, confissões, suspeitas, revelações, verdades e mentiras da maneira mais escrachada para eles e divertidíssima para o público.

Baixa Terapia começa rigorosamente no horário. As sessões do Theatro Municipal serão às 20h. Já no Teatro Tuca, às sextas-feiras às 21h30, sábados às 20h e domingos às 19h. Detalhes abaixo.

Sobre Baixa Terapia

Baixa Terapia é uma debochada comédia com um final que pega todos de surpresa. Três casais que não se conhecem, se encontram inesperadamente em um consultório para sua sessão habitual de terapia, mas dessa vez descobrem que a psicóloga não estará presente.

Ela deixou a sala preparada para recebê-los com um pequeno bar onde não falta whisky e uma mesa com envelopes, contendo instruções de como deverão conduzir essa sessão.

O objetivo é que todas as questões sejam resolvidas em grupo. Cada envelope traz uma situação mais engenhosa que a outra, transformando a sessão num caos hilariante.

TRÊS CASAIS. UMA TERAPIA. MUITAS SURPRESAS.

BAIXA TERAPIA - UMA COMÉDIA NO DIVÃ!

Bate-Papo

O tradicional bate-papo de todo o elenco com a plateia no fim de cada espetáculo, permite ao público maior aproximação com os atores numa troca divertida e informal.

SERVIÇO – Baixa Terapia

Theatro Municipal de São Paulo

Data: 16 e 17 de janeiro

Endereço: Praça Ramos De Azevedo, s/n - República

Telefone: (11) 3053-2090

Horário: 20h

Ingressos: R$ 5 pelo site do Theatro Municipal (www.theatromunicipal.org.br) ou na bilheteria do espaço.

Horário de funcionamento da bilheteria: de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, e sábados e domingos, das 10h às 17h.

Classificação etária: 14 anos

Duração: 90 min

Capacidade: 1523 lugares

Acessibilidade: Sim

Teatro Tuca

Data: 18 de janeiro

Endereço: Rua Monte Alegre, nº 1.024 – Perdizes

Telefone: (11) 3670-8455

Horários: Sextas-feiras às 21h30h, sábados às 20h e domingos às 19h

Capacidade de público por sessão: 672 pessoas

Horário de funcionamento da bilheteria: Terça a domingo das 14h às 20h

*Aceita todos os cartões de crédito

Valores: Inteira R$ 120/ Meia R$ 60

Compras pela Internet: www.ingressorapido.com.br

Duração: 90 min

Classificação etária: 14 anos

Acessibilidade: Sim

“O espetáculo começa rigorosamente no horário marcado e não é permitida a entrada após o início¨.

Comente aqui