Data: 19/07/2013 11:54 / Autor: Alexandre Costa / Fonte: PMSCS

São Caetano premia melhores equipes de merendeiras das escolas

Todas as escolas que oferecerem refeição aos alunos foram visitadas e avaliadas por nutricionistas

Equipe de merendeiras da EMI Marily Chinaglia Bonaparte recebe premiação
Equipe de merendeiras da EMI Marily Chinaglia Bonaparte recebe premiação

Crédito: Robson de Almeida/PMSCS

As melhores equipes de merendeiras das escolas de São Caetano do Sul foram agraciadas com o Prêmio Cozinha Destaque 2013 nesta quinta-feira (18/7). A homenagem foi realizada depois de três dias de cursos de aprimoramento realizados no Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação (Cecape) Dra. Zilda Arns, no Bairro Barcelona. Foram premiadas Escolas Municipais Integradas (EMIs), Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs), Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) e Escolas Estaduais que atingiram maior pontuação nos critérios de avaliação externa de adequação às boas práticas de higiene e nutrição.

O Prêmio Cozinha Destaque é uma das ações do Setor de Alimentação Escolar da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Instituto Nutra e Viva. Todas as escolas que oferecerem refeição aos alunos foram visitadas e avaliadas por nutricionistas quanto à adequação aos padrões higiênico-sanitários. Não foram levadas em conta questões estruturais e de edificações das cozinhas das unidades escolares, para que as equipes de merendeiras fossem julgadas apenas pela qualidade do serviço que oferecem. Ao fim do ciclo de avaliações, foram calculadas as médias de todas as escolas.

A Alimentação Escolar de São Caetano é reconhecida internacionalmente por sua qualidade, informou a nutricionista Cristina Rubim, da Nutra e Viva. “A revista Food Control (disponível no site http://www.journals.elsevier.com/food-control/) está com uma reportagem sobre a experiência sancaetanense de excelência em alimentação escolar. O reconhecimento ao trabalho da cidade é tão grande que São Caetano será citada como exemplo em um capitulo de um livro científico internacional sobre Segurança Alimentar”, elogiou. Ela destacou que nenhuma escola da cidade teve menos do que 85% de adequação, sendo que a maioria esteve acima de 90% de média.

A diretora da Educação de São Caetano, Ivone Braido Voltarelli, elogiou o desempenho das merendeiras da cidade e lembrou a importância de todas ao bom funcionamento das escolas. “Nossas merendeiras realizam um serviço maravilhoso. Todas vocês sabem o quanto são importantes para nossas crianças. A Educação depende de todos – não existe escola sem as equipes de apoio. Tenham certeza que a Educação de São Caetano, os pais e nossas crianças agradecem pelo empenho, dedicação e carinho das merendeiras.”

A responsável pelo Setor de Alimentação Escolar de São Caetano, Rose Magda Fiorotti, ressaltou que os três dias de curso e a premiação às melhores equipes de merendeiras são importantes para a reciclagem profissional. “Duas vezes por ano, antes da volta às aulas, realizamos essa atividade para discutir novos conceitos e atualizar as merendeiras sobre mudanças na alimentação escolar. Isso beneficia todas as escolas da cidade.”

VENCEDORAS – As equipes de merendeiras vencedoras do Prêmio Cozinha Destaque 2012 foram as da EMI Marily Chinaglia Bonaparte e Creche Zilda Natel, empatadas com 98,8% de adequação; da EMEI Primeiro de Maio, com 99,4%; da EMEF Laura Lopes, com 100%; e da Escola Estadual Padre Alexandre Grigolli, com 99,7% de adequação. As merendeiras e diretoras das escolas premiadas festejaram muito o reconhecimento do trabalho realizado diariamente em prol dos estudantes da cidade. “O mérito é todo das equipes de merendeiras”, resumiu a diretora da EMEI 1º de Maio, Neide Aracri.

A merendeira Vilma Aparecida Couto, da EMI Marily Chinaglia Bonaparte, comemorou o prêmio. “Eu e minhas amigas estamos muito orgulhosas com o reconhecimento de nosso trabalho. Nós temos muito amor à nossa profissão e estamos honradas por receber este prêmio”. Já Sueli Aparecida Rodrigues, da Escola Estadual Coronel Bonifácio de Carvalho, resumiu o segredo de sucesso das merendeiras de São Caetano. “Nós trabalhamos com carinho. Cozinhamos como se estivéssemos cozinhando para nossos filhos.”

Curtir curtir seja o primeiro a curtir
Não há comentários