Data: 07/01/2019 08:57 / Autor: Fabrício Cortinove Pelachine / Fonte: AD São Caetano

Quase herói contra o União Mogi, Modesto avalia estreia

Zagueiro teve gol, que garantia a vitória para o São Caetano no jogo de sexta-feira, anulado pela arbitragem


Crédito: Fabrício Cortinove

Da euforia ao sentimento de frustração. Assim se sentiu o zagueiro Modesto, que por muito pouco não garantiu a vitória do São Caetano, na primeira rodada da Copa São Paulo, diante do União Mogi.

O zagueiro, que teve o seu gol anulado pela arbitragem no primeiro tempo da partida, falou sobre esse momento vivenciado na última sexta-feira.

“Na hora em que observei a bola entrando no gol, o pessoal começou a comemorar e teve aquela euforia. O árbitro viu um impedimento, porém, acredito que não estava em condição irregular. Mas a vida segue e vou trabalhar pelo gol no próximo jogo”, declarou o prata da casa sobre o duelo que terminou empatado em 0 a 0.

Já sobre o desempenho do São Caetano na estreia, o defensor observou pontos positivos sobre a atuação tida pelos comandados do técnico Marcio Griggio.

“No geral foi boa, pois o nosso time se portou bem. Principalmente a partir do segundo tempo. Mas pecamos em alguns detalhes como na finalização e no último passe, mas são coisas normais de estreia. A ansiedade certamente atrapalhou também”, analisou.

Pela sequência da Copa São Paulo, o Azulinho faz jogo decisivo contra o Santos. Pensando neste próximo confronto, Modesto ressaltou qual deve ser a atitude do time dirigido por Marcio Griggio.

“Temos que ganhar. Sabemos o que precisamos fazer. Eles conhecem a nossa equipe, assim como nós conhecemos o time deles também. Apesar das dificuldades, temos totais condições de fazer um bom resultado”, afirmou.

Azulão e Peixe se enfrentam pela segunda rodada do Grupo 25 da Copa São Paulo nesta segunda-feira (7), às 20h, na Arena Nogueirão, em Mogi das Cruzes.

Comente aqui