Data: 09/01/2019 11:15 / Autor: Fabrício Cortinove Pelachine / Fonte: AD São Caetano

Perto de classificação, elenco do Azulinho festeja vitória contra o Santos

Autores dos gols que definiram o triunfo do São Caetano, Rafael Menezes e Emerson falaram sobre atuação de gala contra o Peixe


São Caetano volta a campo na quinta-feira
São Caetano volta a campo na quinta-feira

Crédito: Fabrício Cortinove

Vitória épica. Essa com certeza é a melhor definição do resultado conquistado pelo São Caetano na noite passada contra o Santos, em Mogi das Cruzes, pela Copa São Paulo.

Após encerrar o primeiro tempo perdendo por 1 a 0, o time do ABC pressionou o rival e conseguiu vencer pelo placar de 2 a 1. Em segundo tempo perfeito, garotos que vieram do banco de reservas tiveram atuação decisiva pela construção deste resultado.

Um dos jovens que, contribuiu de maneira direta no triunfo frente ao Peixe, foi o atacante Rafael Menezes. Mesmo com pouco tempo em campo, o centroavante não desperdiçou a sua oportunidade e finalizou com categoria para empatar o duelo.

“Tive um pouquinho de estrela. Mas a gente está trabalhando firme, e eu sempre treinei forte.  Graças a Deus entrei na partida e consegui fazer o gol”, contou o iluminado atacante, que em encontro anterior pelo Campeonato Paulista Sub-20 já havia balançado a rede do time praiano quando o Pequeno Gigante goleou por 5 a 1.

Quem também brilhou na noite anterior foi o meia-atacante Emerson. Nome que subiu ao Sub-20 recentemente após se destacar no Campeonato Paulista Sub-17, o prata da casa definiu a vitória contra o Santos como um jogo inesquecível para a carreira que ainda está começando.

“Uma noite brilhante. Estou muito emocionado por ter entrado no jogo e ter feito o gol da vitória. Feliz demais, mas não satisfeito.  Agora vamos em busca do título”, prometeu o jovem de 16 anos.

FALA, PROFESSOR!

No comando do São Caetano pela quarta vez na Copa São Paulo, Marcio Griggio fez questão de  enaltecer o trabalho coletivo e festejou a resposta positiva apresentada em campo depois do empate(0 a 0) na estreia contra o União Mogi.

“A vitória é do grupo. Os atletas estão unidos em busca do objetivo, que é a classificação. A gente sabe que começou a competição de maneira ansiosa e estávamos devendo um bom jogo. Então nada melhor que vencer um time do tamanho do Santos. Acredito muito nestes meninos que hoje já são homens”, concluiu.

Na liderança do Grupo 25 da Copa São Paulo ao lado do União Mogi, com quatro pontos conquistados, o São Caetano volta a campo na quinta-feira. Oportunidade em que enfrenta o já eliminado Sergipe, pela terceira rodada da primeira fase.

Comente aqui