Data: 07/12/2017 15:26 / Autor: Fabrício Cortinove Pelachine / Fonte: AD São Caetano

Jô Fernandes trabalha forte para reforçar equipe na Série A-1

Recuperado de lesão, atacante mira lugar entre os nomes inscritos no Paulistão


Recuperado de lesão, atacante mira lugar entre os nomes inscritos no Paulistão
Recuperado de lesão, atacante mira lugar entre os nomes inscritos no Paulistão

Crédito: Fabrício Cortinove

Muito trabalho e dedicação total para reforçar o São Caetano na Série A-1 do Campeonato Paulista. Essa é a rotina do atacante Jô Fernandes nos últimos meses no Anacleto Campanella.

Com a intenção de estar entre os nomes inscritos para a disputa, o goleador destaca o trabalho árduo pelo qual passa atualmente.

“Conversei com a comissão técnica e até abri mão dos jogos finais da Copa Paulista, pois tive um ano bem difícil com duas cirurgias no joelho. Graças a Deus estou totalmente recuperado e focado na preparação para o Paulista, que é um grande campeonato. Estou preparado e vou continuar empenhado para ajudar os meus companheiros”, disse o jogador, que não teve férias para continuar treinando em prol do Azulão.

Identificação

Natural da própria cidade de São Caetano do Sul, Jô Fernandes possui fortes laços com o Pequeno Gigante. Admirador do clube pelo qual é o seu 10º maior goleador, com 24 gols marcados, o centroavante também ressalta o sonho de participar do principal estadual do Brasil.

“É uma emoção grande poder falar que o São Caetano está de volta para a Série A-1, campeonato que nunca deveria ter saído. Um clube grande, de camisa. Sou o jogador que está há mais tempo aqui. A alegria é enorme por poder falar e participar desta competição. Eu que um dia fui torcedor de arquibancada, acompanhei de perto o título do paulista (2004). Por isso, a motivação é grande”, afirmou.

Disputa acirrada

Apesar dos ótimos números com a camisa caetanista, Jô não espera por vida fácil na disputa por vaga no ataque da equipe. Diante desta situação, o atacante analisa a briga existente por posição no setor ofensivo do time.

 “Só aumenta a concorrência (contar com jogadores de qualidade). Aqui a competição é bem sadia. Um torce pelo outro. Todo mundo quer jogar, mas respeitamos as escolhas do Luiz Carlos Martins. O importante é o São Caetano ganhar com tudo isso”, contou sobre a posição, que atualmente conta com as presenças de Carlão, Ermínio, Marlon e Felipinho.

Comente aqui