Data: 07/06/2019 16:28 - Alterado em: 11/06/2019 10:36 / Autor: Redação / Fonte: FASCS

Gestores da FASCS buscam ampliação do Pronatec em Brasília


Da esquerda para direita: Monteiro, Costa Neto, Ana Paula e Azevedo em visita ao Ministério da Educação
Da esquerda para direita: Monteiro, Costa Neto, Ana Paula e Azevedo em visita ao Ministério da Educação

Crédito: Divulgação/FASCS

Para ampliar  as parcerias  com o Programa Pronatec – Mediotec/Formação Inicial e Continuada (FIC) em São Caetano do Sul, a direção da Fundação das Artes de São Caetano do Sul (FASCS) se reuniu, na última quarta-feira (5/6), com membros do Governo Federal em Brasília. A diretora-geral, Ana Paula Demambro, o secretário municipal de Cultura da Prefeitura da cidade, João Manoel da Costa Neto, o coordenador-geral do Pronatec, Reinaldo Monteiro e o coordenador-adjunto, Sérgio de Azevedo, representaram a instituição e protocolaram demandas durante os encontros.

Na primeira agenda do dia, a Fundação foi recebida no Ministério da Educação (MEC), pela equipe da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) e por seu diretor de Articulação e Expansão de Educação Profissional (DAE), Bruno Pereira Ribeiro. Um dos objetivos foi reforçar a parceria FASCS e Governo Federal, a fim de ofertar novos cursos livres por meio do Programa Formação Inicial e Continuada (FIC), que é uma ação de qualificação profissional voltada para a inserção e reinserção de jovens no mercado de trabalho.

Mais tarde, já no Ministério da Cidadania, o grupo foi recebido pelo secretário-executivo adjunto, Felipe Sartori Sigollo, da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, que fez um panorama das ações em desenvolvimento e possibilitou o diálogo com o coordenador de Formação Técnica, Gestão e Produção, Jorge Edson Garcia, e o coordenador-geral de Estudos e Monitoramento, Luiz Eduardo Lima de Rezende, da Secretaria Especial da Cultura. Uma das propostas foi fortalecer a articulação e aproximar a Secretaria Municipal de Cultura de São Caetano do Sul, por meio da FASCS, com os órgãos do governo Federal responsáveis pelos principais eixos em que as ações do programa Pronatec são realizadas.

Por fim, a equipe da Fundação das Artes visitou o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que é o departamento responsável pela fiscalização, prestação de contas, auditorias e principalmente pelas orientações sobre o programa. Na reunião, que teve a indicação de novos projetos, participaram o coordenador-geral de Bolsas de Auxílios, Fábio Henrique Gomes, pasta esta que faz parte do FNDE, e a coordenadora de Transferências Diretas de Bolsas e Auxílios, Eliete Morais de Oliveira.

A Fundação das Artes, por meio do programa Mediotec, é a primeira instituição do ABC a formar turmas de ensino técnico na área cultural, fortalecendo as possibilidades de geração de emprego e renda. Por intermédio da economia criativa, a formação oferecida pela FASCS demonstra potencial para crescimento no segundo semestre deste ano, com os cursos livres de capacitação, aperfeiçoamento, atualização em todos os níveis de escolaridade e qualificação profissional, integrados aos currículos do sistema educacional.

Comente aqui