Data: 19/12/2018 17:58 / Autor: Redação / Fonte: PMSCS

Cidade inclusiva: São Caetano capacita moradores e servidores públicos em Libras

57 alunos do curso de Libras receberam seus certificados no auditório do Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação (Cecape) Dra Zilda Arns


Crédito: PMSCS

São Caetano do Sul dá voz às mãos e mais um passo adiante nos quesitos inclusão e desenvolvimento. Nesta terça-feira (18/12), 57 alunos do curso de Libras, a Língua Brasileira de Sinais, receberam os certificados da capacitação promovida pela Prefeitura, por meio da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência ou Mobilidade Reduzida (Sedef), no auditório do Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação (Cecape) Dra Zilda Arns, nos módulos básico, intermediário e avançado.

 “Temos um curso sólido, estruturado, reconhecido e procurado, que nos deixa muito felizes em poder transformar a consciência da população sobre a diversidade”, destacou a responsável pela Sedef, Adriana Gomes da Fonseca. “Aos poucos, teremos uma comunidade mais inclusiva. Parabéns aos alunos pela iniciativa e pelo compromisso assumido. Vocês serão a diferença na vida de muitas pessoas”, completou, ao observar que a capacitação é destinada a munícipes e servidores públicos.

O instrutor do curso de Libras, Marcelo Bessa, disse estar orgulhoso dos alunos. “Ensinei com muito carinho e peço que continuem lutando. Vocês vão aprender e se desenvolver muito, além de facilitar a comunicação na cidade, já que São Caetano tem muito morador surdo. O município precisa de vocês”.

“Hoje é um dia especial e imensamente feliz”, discursou, em Libras, a oradora das turmas, Letícia de Lima. “Somos vitoriosos. Nossos agradecimentos à Prefeitura e à Sedef por proporcionarem um curso com essa importância”, concluiu.

AGRADECIMENTO
Na solenidade de formatura, a diretora da Emef 28 de Julho, Érika Ramos de Souza, local que sediou as aulas até 2018, recebeu homenagem em gratidão pelo acolhimento dos alunos. A partir de 2019, a capacitação será ministrada nas dependências da Fundação Anne Sullivan.

Crédito: PMSCS

Comente aqui