Data: 14/12/2012 23:57 / Autor: Soraya Paladini / Fonte: PMSBC

Fundação Criança promove encontro de contadores de histórias

O evento comemora cinco anos de atividades do programa Contando Histórias da Fundação Criança

O programa Contando Histórias da Fundação Criança de São Bernardo do Campo comemora cinco anos de atividades no próximo domingo (16), à 15h, na Cidade dos Direitos da Criança e do Adolescente. Para marcar a data, a Fundação Criança promove um encontro de contadores de histórias, reunindo os atuais bolsistas que participam do programa com os participantes dos anos anteriores.

Com a previsão de reunir mais de 300 participantes, o evento será composto por várias apresentações de contação de histórias, música e teatro, com a peça Peter Pan. O encontro também contará com a presença do professor da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Metodista, Luiz Roberto Alves, que também é conselheiro do Conselho Nacional da Educação (CNE). Alves fará uma palestra sobre ‘Os contos populares na pedagogia do educador Paulo Freire’.

Segundo um dos responsáveis pelo projeto, o educador Josenildo Gonzaga, por meio da contação de histórias os jovens são incentivados a exercerem a cidadania e a atuarem na promoção dos direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). “A iniciativa também visa fomentar o hábito da leitura para as crianças que estudam nas escolas municipais da cidade ou que são atendidas em programas sociais”, afirma Gonzaga. Desde 2010, a Fundação Criança mantém convênio com a Secretaria Municipal de Educação.
Os adolescentes que participam do projeto são moradores dos diversos bairros do município, muitos deles foram encaminhados pelos abrigos e pelos programas de medidas socioeducativas, de atendimento de famílias e pelo PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil).

Contando Histórias - O programa atende adolescentes com idades entre 15 e 17 anos, de ambos os sexos, que estejam cursando ou tenham concluído o ensino fundamental ou médio. O objetivo é promover o desenvolvimento das habilidades, talentos e competências sociais dos participantes a partir das vivências práticas em artes, cultura e cidadania. Os jovens também atuam nos espaços públicos da cidade, principalmente nas bibliotecas das escolas municipais e nas unidades da própria Fundação Criança. O programa também tem a finalidade de contribuir para a redução da exposição dos atendidos às situações de riscos individuais e sociais.
A Cidade dos Direitos da Criança e do Adolescente fica na Rua Francisco Visentainer, 804, Bairro Assunção.

Curtir curtir seja o primeiro a curtir
Não há comentários