Data: 29/10/2012 20:38 / Autor: Redação / Fonte: Metodista

Animação e Documentário do Brasil e da Alemanha são os grandes vencedores do U.FRAME 2012

Kellerkind, da Alemanha, levou dois prêmios, inclusive o de melhor curta do Festival. Brasileiro Caos saiu do evento com duas distinções


Trailler: Caos - U-Frame 2012

Um júri formado pelo professor Rui Centeno da Universidade do Porto, Portugal; a professora Sandra Martinez Costa, da Universidade da Coruña, Espanha e os cineastas brasileiros Augusto Canani e Marcus Ligocki premiou os cinco melhores vídeos universitários em cada uma das categorias da 5ª edição do U. FRAME – Festival Internacional de Vídeo Universitário, que terminou no último sábado, 27 de outubro de 2012, com uma festiva cerimônia de premiação.

Além das cinco categorias premiadas - Animação, Ficção, Documentário, Dispositivos Móveis e Experimental-, também foram escolhidos o Melhor Vídeo do Festival e o Melhor Vídeo Nacional.

Os grandes vencedores da 5ª edição do U.FRAME foram: Melhor Animação: “Kellerkind”, representante da Filmakademie Baden- Wuerttemberg, da Alemanha, que impressionou todo o júri pelo nível de qualidade técnica e artística e também levou o prêmio de melhor vídeo do Festival, totalizando um total de 2.500 euros como premiação.

O vencedor na categoria Melhor Experimental foi o vídeo brasileiro “Caos”, do paulista Tico Dias, da Fundação Armando Álvares Penteado, também escolhido pelo júri como o melhor vídeo nacional do Festival. Seu diretor levou assim um prêmio de 500 euros por vencer a categoria e mais uma câmera profissional de última geração da Fuji por ter sido eleito o melhor filme nacional da mostra.

A categoria mais concorrida, a de Ficção, teve como vencedor o curta “Shoot for the Moon”, da Escuela de Cinematografia Y Del Audiovisual da Espanha e conquistou um prêmio de 500 euros. O mesmo prêmio foi conquistado pelo Melhor Documentário, “Barbara em Cena”, de Ellen Ferreira, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Ficou no Grande ABC o grande vencedor na categoria Dispositivos Móveis, o curta “A Jornada de Blatter”, inscrito por um grupo de alunos do curso de Rádio, TV e Internet da Universidade Metodista de São Paulo, representados por Roberto Vagner Pereira de Almeida, que também levaram um prêmio de 500 euros.

Para Rui Centeno, um dos idealizadores do U.FRAME e também jurado desta edição, “o Festival no Brasil foi um grande sucesso, batendo o recorde de inscrições e com vídeos que apresentaram um excelente nível de produção”. Rui defendeu que o próximo U.FRAME continue a ser realizado na América Latina, como garantia da sua internacionalização.

Paulo Rogério Tarsitano, diretor da Faculdade de Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo e diretor da 5ª edição do Festival agradeceu o empenho de toda a comissão organizadora do evento na Metodista e o número expressivo de concorrentes, que representaram oito países e 14 estados brasileiros. “O festival foi uma vitrine muito séria e importante do que de melhor se está produzindo nas universidades e escolas de cinema e comunicação em todo o mundo, e nos mais diversos formatos hoje disponíveis no audiovisual”.

Comente aqui