São Bernardo do Campo

Símbolos Municipais

  • Brasão de Armas do Município

    Brasão de Armas de São Bernardo do Campo

    No dia 23 de outubro de 1952, o então Prefeito do Município de São Bernardo do Campo, Sr. Lauro Gomes, promulgou a Lei Municipal nº. 180 que revigorou a Lei Municipal nº. 251, de 20 de dezembro de 1926, promulgada pelo Prefeito Saladino Cardoso Franco, que fixava o brasão que assim se descreve:

    Artigo 1º - Fica adotado como brasão da nossa Cidade e Município, o desenho junto em que se resume o passado histórico de São Bernardo do Campo desde a tradicional Vila de Santo André da Borda do Campo da era de 1553 até os dias de hoje, com sua significação heráldica, projeto esse de autoria do abalizado historiógrafo Dr. Afonso D’Escragnolle Taunay.

    Parágrafo único: Esse escudo obedece à seguinte descrição: “Escudo redondo português, cortado e encimado pela coroa mural distintiva das Municipalidades. O primeiro quartel de ouro traz uma cruz de Santo André, de sinople (verde), tendo no encontro, sobreposto, a cruz patriarcal de São Bernardo; partido de prata, com o leão dos Ramalhos de goles (vermelho). O segundo quartel é de goles, com um lanço de muralhas flanqueado de dois baluartes, com bombardas, tudo de prata e encimado por um braço armado empunhando uma adaga de prata. Como tenentes de escudo, à dextra, um bandeirante de carnação, armado de escopeta; à sinistra um índio de carnação, armado de arco. No listão, e em letras de sinople, sobre campo de ouro, de acordo com o primeiro quartel, a divisa: “PAULISTARUM TERRA MATER”, encobrindo parte da roda dentada ao natural, simbólica da grande indústria moderna do Município. Por sobre as ameias, do baluarte central da coroa mural, o timbre do brasão de Martin Afonso de Souza, o elmo encimado pelo leão de púrpura sobre a porta central da coroa mural, um escudete de blau (azul) com uma flor de lírio de prata, simbólica de Nossa Senhora, orago de São Bernardo”.

    Artigo 2º - Para servir de sinete nos papéis da municipalidade, fica adotado o primeiro quartel do brasão: escudo de fundo de ouro com a cruz de São Bernardo sobreposta à cruz de Santo André encimado pela coroa mural e tendo embaixo o listão com a divisa “PAULISTARUM TERRA MATER”.

    Hino Oficial do Município de São Bernardo do Campo

     

    Música: João Silvério da Silva (João Gomes)

    Letra: Wallace Cockrane Simonsen


    Salve São Bernardo
    Pedaço do meu Brasil,
    Retomas o teu velho posto
    Impávido e varonil.

    Salve São Bernardo
    do Campo e do nosso lar,
    Que vê o raiar da aurora
    Dos Contrafortes da Serra do Mar

    Ó povo de São Bernardo
    Salve a tua liberdade
    A nossa bela Vila
    Volta outra vez a ser Cidade

    Alerta ó gente nossa
    Tua canção vem entoar,
    Cantando a grande vitória
    Que nossa terra acaba de alcançar

    Custou mas veio
    A justa reparação,
    Nosso trabalho
    Não foi em vão

    Custou mas veio
    A justa reparação
    Por isso é que no peito
    Bate mais forte o nosso coração.

    Instituído Hino Oficial de São Bernardo do Campo – Lei Municipal nº. 1.467, de 13/12/1966.

    Bandeira

    Bandeira de São Bernardo do Campo

    Descrição: “Campo branco (significando a paz que São Bernardo almeja), tendo ao centro o brasão em vigor no Município”.