São Bernardo do Campo

  • Foto Aérea Central São Bernardo
    A origem do município de São Bernardo do Campo, assim como a de outras cidades do ABC, também está ligada à antiga Vila de Santo André da Borda do Campo (1553). No início, a região servia de passagem para as tropas que carregavam mercadorias do interior em direção ao Porto de Santos. Isso impulsionou o desenvolvimento do vilarejo na fazenda dos Monges Beneditinos.
    Em 1812 o povoado foi elevado à categoria de freguesia. Somente depois de 77 anos, a localidade recebeu o status de município. O nome, São Bernardo, foi escolhido em razão da capela dedicada ao santo, existente fazenda dos Beneditinos.
    Por ser sede das primeiras montadoras de automóveis do Brasil, o município tem sua economia baseada no setor automobilístico desde 1950. O segmento industrial da cidade ainda inclui outras grandes fábricas como a Basf, fabricante das tintas Suvinil, e a Colgate-Palmolive.
    Nos anos 90 os setores de comércio e serviços começaram a ganhar destaque na economia local. Um bom exemplo disso foi a instalação do Centro Moveleiro da Jurubatuba, que conferiu a São Bernardo do Campo o título de Capital do Móvel. A reforma urbana e a construção civil também ganharam impulso desde 2008, com a construção do trecho sul do Rodoanel e de inúmeros edifícios.
    São Bernardo do Campo pode se orgulhar por ser a cidade com o maior número de instituições de ensino superior (faculdades e universidades) da região do ABC. São aproximadamente 15 estabelecimentos educacionais, que oferecem formação de qualidade nas mais diversas áreas do conhecimento.
    O sistema de saúde da cidade também é mais um ponto positivo do município. São 32 unidades básicas de atendimento espalhadas pelos mais de 25 bairros da cidade. Há ainda ambulatórios de especialidades em regiões como centro, Jardim Hollywood, Nova Petrópolis e Vila Euclides.
    Quanto ao lazer e cultura, não se pode deixar de citar as bibliotecas públicas de São Bernardo. São 6 unidades centrais de atendimento e mais 40 pontos de leitura, divididos em salas, pequenos acervos e pontos abastecidos pelos projetos Espalhando a Leitura e Leitura para Todos. 
    Outro espaço cultural da cidade é a Pinacoteca, que reúne em torno de 1.125 obras de grandes artistas brasileiros. O local é a mais ampla área de exposição de arte moderna e contemporânea, em caráter permanente, do ABC.
    Recentemente, a cultura de São Bernardo ganhou mais um reforço com a inauguração do Centro Audiovisual para a formação, produção e difusão de conteúdos para cinema e TV.
    O lazer na cidade é garantido em locais como a Represa Billings, que conta com prainha artificial e espaço para pesca e prática de esportes náuticos. O Parque Municipal Estoril Virgilio Semionato é outro lugar propício ao relaxamento, oferecendo ao visitante pedalinhos, teleférico e zoológico.
    Já no Parque Cidade de São Bernardo Raphael Lazzuri é possível desfrutar uma ampla área verde, teatro de arena, lago com cascatas, playground e pistas para caminhada.
    Por estar a apenas 26,2 km da capital e apresentar tantos pontos positivos, São Bernardo do Campo é, sem dúvida, uma excelente cidade para viver!