Data: 02/04/2019 11:07 - Alterado em: 18/04/2019 15:49 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Ribeirão Pires

Ribeirão Pires promove Campanha de Vacinação Contra Influenza

Campanha Contra Influenza imunizará grupos prioritários a partir de segunda (22). Por meio da Secretaria de Saúde, Prefeitura de Ribeirão Pires promove vacinação em todas as UBSs


Crédito: Gabriel Mazzo

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Saúde, está promovendo a 21ª Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza. A partir da próxima segunda-feira, dia 22, moradores que fazem parte de todos os grupos prioritários – crianças, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas, pessoas acima de 60 anos e portadores de doenças crônicas – poderão ser imunizados.

As doses da vacina estão disponíveis nas dez Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família de Ribeirão (seg. a sex., das 8h às 17h). O dia "D" da vacinação será 4 de maio, sábado, em todas as unidades da Atenção Básica municipal.

Ribeirão Pires tem 25.991 moradores nos grupos prioritários. A meta é imunizar 90% dessa população. Desde o dia 10 de abril, início da Campanha, até essa quarta-feira, dia 18, 808 doses foram aplicadas em crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas – o equivalente a 3,11% dessa população.

Sobre a Campanha - Crianças de seis meses a menores de seis anos que receberam dose da vacina influenza sazonal em 2018 devem receber apenas uma dose em 2019. Deve ser considerado o esquema de duas doses para as crianças de seis meses a menor de nove anos de idade que serão vacinadas pela primeira vez, devendo-se agendar a segunda dose para 30 dias após a 1ª dose.

Objetivo da vacinação - Reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza na população alvo para a vacinação e atualizar a situação vacinal de crianças, gestantes e puérperas.

Precauções - Doenças febris agudas, moderadas ou graves: recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro, com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença.

História de alergia a ovo – observar indicações médicas e dos profissionais da saúde.

Em caso de ocorrência de Síndrome de Guillain-Barré (SGB) no período de até 30 dias após recebimento de dose anterior, recomenda-se realizar avaliação médica criteriosa sobre benefício e risco da vacina antes da administração de uma nova dose.

Unidades de Saúde:

UBS CENTRAL

Rua Dr. Virgilio Gola, 24 – Centro

UBS CENTRO ALTO

Rua Aurora, 61 – Centro Alto

USF GUANABARA

Rua Fermino G. Pereira, 398 - Vila Gomes

USF JD. LUSO

Rua Julio Prestes, 22 - Jardim Luso

USF JD. VALENTINA

Rua Francisco Tometich, 905 - Jardim Valentina

USF JD. CAÇULA

Rua Fagundes Varela, 08 - Jardim Caçula

USF OURO FINO

Rodovia Índio Tibiriçá s/n, ao lado 2753 – Centro – Ouro Fino Paulista

USF QUARTA DIVISÃO

Estrada do Sapopemba, 5000 - Quarta Divisão

UBS SANTA LUZIA

Rua Prof. Antonio Nunes, 551- Santa Luzia

USF VILA SUELI

Rua AntonioZampol, 221 - Vila Sueli

Comente aqui