Data: 13/04/2018 09:33 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Cia. de Ballet da Rússia se apresenta para crianças de Ribeirão Pires

Dançarinos convidados pela CBF para a abertura do Campeonato Brasileiro fizeram ensaio aberto para alunos de dança e do Gol do Brasil na cidade


Moscow Ballet La Classique
Moscow Ballet La Classique

Crédito: Mariana Rodrigues

Nesta quinta-feira, dia 12, alunos da rede pública de Ribeirão Pires matriculados no Gol do Brasil, promovido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em parceria com a Prefeitura e o WTC, acompanharam de perto ensaio aberto da companhia de dança Moscow Ballet La Classique. A convite da CBF, o grupo do país sede da Copa do Mundo será atração da cerimônia de abertura do Campeonato Brasileiro de Futebol, neste domingo, dia 15.

Movimentos que serão executados pelos dançarinos russos neste final de semana, para fãs do esporte em todo o Brasil, foram apresentados aos pequenos ribeirão-pirenses, que se surpreenderam com o ensaio. “Nunca tinha vindo ao teatro e nem visto ballet. Achei muito legal”, disse Kauã Ferreira, de 6 anos, estudante da Escola Municipal Abdalla Chiedde matriculado no Gol do Brasil.

Alunos dos cursos de dança oferecidos pela Prefeitura por meio das secretarias de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia e de Esporte e Lazer também tiveram a oportunidade de acompanhar o ensaio. Sofia Gonçalves Cosmo, de 7 anos, estuda ballet há dois anos e, apesar de ensaiar e se apresentar nos palcos da cidade, nunca tinha assistido uma apresentação profissional. De acordo com sua mãe, Giane Gonçalves Cosmo, este é um momento de inspiração para Sofia. “Ela faz ballet por gostar. Tudo o que faz ela feliz é muito importante”, disse.

O vice-prefeito de Ribeirão Pires, Gabriel Roncon, acompanhou o ensaio aberto da companhia russa, ao lado de secretários e autoridades do município. “Nossa cidade foi presenteada com esse ensaio aberto de bailarinos profissionais, que encheram de alegria e admiração os olhos de nossas crianças. Agradecemos à CBF por ser parceira de nossa cidade no Gol do Brasil e tanto contribui para melhorar a vida dos estudantes da rede pública de Ribeirão Pires, e por possibilitar o engrandecimento da cidadania de nossos jovens”, declarou.

Sobre o Gol do Brasil - Ribeirão Pires foi o primeiro município em todo o País a firmar parceria com a CBF, por meio do CBF Social, e com o WTC para a implantação do Gol do Brasil. o projeto tem por objetivo incentivar e democratizar o acesso à formação esportiva na modalidade futebol para os estudantes e, por meio de metodologia criada pela CBF, contribuir para o desenvolvimento social e do ensino.

O Gol do Brasil oferece aulas de futebol para crianças e jovens matriculados na rede pública de ensino da cidade. O curso é ministrado por profissionais qualificados pela CBF, utilizando metodologia criada especialmente para o projeto. As habilidades da vida utilizadas nesta metodologia são: autoconhecimento; relacionamento interpessoal; empatia; lidar com sentimentos; lidar com estresse; comunicação eficaz; pensamento crítico; pensamento criativo; tomada de decisão e resolução de problemas.

O projeto CBF Social prevê a implementação de sistema que permite aos profissionais envolvidos acompanharem o desempenho dos alunos do Gol do Brasil. Por meio de plataforma digital preparada pela Confederação, são cadastrados alunos e professores para o monitoramento dos indicadores escolares das crianças, bem como de suas vidas em comunidade e família.

A CBF disponibiliza, ainda, cursos de aperfeiçoamento aos professores e acompanhamento das aulas, quer seja presencialmente ou por meio de câmeras instaladas no campo. A Prefeitura garantiu estrutura adequada para receber o projeto, revitalizando o Campo Municipal Vereador Valentino Redivo, que sedia as aulas, e todo o suporte necessário para a implantação do Gol do Brasil.

São atendidos pelo Gol do Brasil em Ribeirão Pires 250 alunos da rede municipal de ensino, que cursam o Fundamental I (1º ao 5º ano – de 6 a 13 anos), além de estudantes da rede estadual em equipe sub-17. As crianças e jovens são estudantes das escolas municipais Comendador Abdalla Chiedde; Professor Antonio Lacerda Bacellar; e Manoel Baptista da Silva; e das escolas estaduais Professor Casemiro Poffo; Álvaro Trindade de Oliveira; e Álvaro de Souza Vieira - localizadas próximas ao Centro Esportivo Vereador Valentino Redivo, que sedia as aulas.

Crédito: Mariana Rodrigues

Comente aqui