Data: 13/12/2018 15:07 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

“Vivências e experiências de um deficiente visual” é tema de formação em Ribeirão Pires

Encontro destinado aos estagiários que atuam na rede encerrou o calendário de formações continuadas da Secretaria de Educação da cidade


Crédito: PMETRP

Cerca de 65 estagiários de pedagogia que atuam como auxiliares aos estudantes com deficiência nas escolas municipais de Ribeirão Pires participaram, nesta segunda-feira, dia 10 de dezembro, de formação.  A ação promovida pela Secretaria de Educação de Ribeirão Pires, por meio do Núcleo de Educação Especializada, teve como tema “Vivências e experiências de um deficiente visual”, com a participação do transcritor em braile e professor, José Nilton. O encontro foi realizado no Centro de Formação dos Profissionais de Educação (CEFORP).

Na formação, José Nilton, que é deficiente visual, abordou mobilidade e o uso da bengala, entre outros assuntos.  Os estagiários puderam tirar dúvidas sobre a importância de identificar as habilidades dos deficientes visuais para inclusão dos alunos.

De acordo com a secretária de Educação da cidade, Flávia Banwart, a formação permanente oferece ao estudante suporte e qualidade de atendimento pelas equipes de inclusão.  “Neste ano, adotamos um novo formato de atendimento aos alunos com deficiência e transtornos. Essa ação proporcionou resultados positivos, já que os estagiários, ao auxiliarem os alunos no processo de aprendizagem, puderam aprender e vivenciar conhecimentos teóricos e práticos. Boas experiências que farão toda a diferença na formação e qualificação desses futuros profissionais da educação”, explicou.

Com a formação, a Secretaria de Educação encerrou nesse ano o calendário de capacitações. Em 2018, professores, gestores, estagiários e agentes escolares participaram de diversas atividades de aprimoramentos profissionais que integraram um dos eixos das políticas públicas adotadas pela Administração Municipal, com o objetivo de promover a melhoria permanente da qualidade de ensino.

Comente aqui