Carlos Walker - A Frauta de Pã

Música

  • Sesc Belenzinho
  • Rua Padre Adelino
  • Belenzinho - São Paulo/SP
  • 23 de Fevereiro às 21:00

Curtir curtir seja o primeiro a curtir

Carlos Walker - A Frauta de Pã

Autor:



No dia 23 de fevereiro de 2019, o cantor, intérprete, compositor e poeta Carlos Walker revisita seu primeiro LP A Frauta de Pã no Sesc Belenzinho para o projeto Álbum. Show acontece no Teatro da unidade no sábado, às 21h.

O repertório inclui canções como Alfazema, Modinha, Pote de Mel e ainda quatro outras músicas de Carlos Walker – Cidade Americana e Estrada da Intemperança, em parceria com Piry Reis e Aldir Blanc, respectivamente, Via Láctea e a canção-título. Outra da dupla João Bosco-Aldir Blanc é O Cavaleiro e os Moinhos, gravada posteriormente por Elis Regina que, na época do lançamento do álbum, teceu elogios à voz de Walker, a quem conheceu e incentivou. Completam o repertório Debaixo do Sol, de Eduardo Souto e Geraldo Carneiro, e Um dia, de Caetano Veloso.

O artista divide o palco com o quinteto formado pelo guitarrista Marcus Teixeira – que também assina a direção musical e arranjos –, Felipe Silveira (piano acústico e teclado), Pedro Volta Teixeira (teclado), Sidiel Vieira (baixo acústico e elétrico) e Celso de Almeida (bateria). O show conta ainda com a participação especial da cantora Bruna Moraes, de 23 anos, que lançou seu primeiro disco, Olho de Dentro, em 2013.

CARLOS WALKER

Cantor, intérprete, compositor e poeta, Carlos Walker surgiu na efervescente e prolífica cena artística dos anos 1970. Com extensa amplitude vocal, passando com facilidade do barítono médio ao tenor ligeiro, Walker foi elogiado por artistas como Elis Regina, João Gilberto (de quem foi parceiro na música Regata) e Tom Jobim, pela beleza e versatilidade de sua voz. Sua carreira começou quando venceu, aos 14 anos, o II Festival da Moderna Música Popular, de Santos, julgado por nomes como Alaíde Costa, Zimbo Trio e Johnny Alf. Na Rede Globo, integrou as trilhas sonoras de novelas como O Espigão (Alfazema, Carlos Walker), Escalada (Beatrice, Carlos Walker), Gabriela (Adeus, Dorival Caymmi) e a primeira e censurada versão de Roque Santeiro, (Rei das Maravilhas, Carlos Walker e Piry Reis). Dividiu palco, projetos e gravações com nomes como Piry Reis, Egberto Gismonti, Romero Lubambo, Hermeto Paschoal, Nico Assumpção, Vanderlei Pereira, Hélio Delmiro, Milton Nascimento, Yuri Popoff, Alaíde Costa, Luiz Avelar, Ricardo Silveira, Carlos Bala, Márcio Montarroyos e Marçalzinho, entre outros. Gravou ainda os discos Onda (1987, relançado em 2000), dedicado à obra de Tom Jobim e indicado ao Prêmio Sharp (atual Prêmio da Música Brasileira) – considerado pelo crítico Mauro Dias como o melhor até então de todos os tributos à obra de Jobim – e Fio da Canção (2008), de parcerias suas com o compositor Lúcio Gregori. Comandou ainda programas de rádio como Sons Incidentais (Rádio MEC AM, RJ) e Estação Cultura (Rádio Difusora, SP) e programas em emissoras educativas, como Música Mundi e Papo E.

Serviço

CARLOS WALKER

Dia 23 de Fevereiro de 2019. Sábado, às 21h.

Local: Teatro – 3º andar (392 lugares)

Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc - trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Ingressos à venda pelo Portal Sesc SP (www.sescsp.org.br) a partir de 12/02/2019, às 12h, e nas unidades a partir de 13/02/2019, às 17h30. Limite de 4 ingressos por pessoa.

Recomendação etária: 12 anos

Duração: 90 minutos.

Comente aqui