Data: 27/12/2018 09:23 / Autor: Marcos Luiz / Fonte: PMD

Prefeitura prioriza a educação de trânsito nas escolas

Programa que este ano alcançou cerca de 50 mil pessoas dentro e fora das escolas, contribui para reduzir número de vítimas


Alunos contaram com orientação técnica para que suas respectivas “cidades tivessem um trânsito organizado e seguro para pedestres e motoristas.
Alunos contaram com orientação técnica para que suas respectivas “cidades tivessem um trânsito organizado e seguro para pedestres e motoristas.

Crédito: Thiago Benedetti

O Programa Municipal de Educação de Trânsito, coordenado pela Secretaria de Transportes de Diadema, tem como prioridade as crianças da rede de ensino da Prefeitura. Esses estudantes ganharam 254 atividades especialmente preparadas para ensinar a importância de conhecer e promover os direitos e deveres de pedestres e motoristas. Metade dessas ações foi de apresentações da peça teatral “Transitando no Espaço”.

Além de assistirem ao teatro educativo, os alunos ganharam exemplar da revista em quadrinhos “Turma da Mônica – Educação no Trânsito não tem idade”. Com conteúdo aprovado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a publicação também atinge os familiares da criança, uma vez que as mesmas são levadas para casa.

Neste ano letivo, para aprimorar a educação de trânsito nas escolas municipais, os educadores da Secretaria de Transportes levaram às salas de aula, milhares de “blocos de montar” com os quais as crianças podem planejar e construir suas próprias cidades. No total, foram realizadas 127 atividades de montagem. Nessas divertidas aulas, os alunos contaram com orientação técnica para que suas respectivas “cidades” tivessem um trânsito organizado e seguro para pedestres e motoristas.

O Programa de Educação de Trânsito de Diadema também promove outras ações educativas visando o público de todas as faixas etárias. Para isso, cerca de 50 atividades foram realizadas em ruas, avenidas, terminais de ônibus e eventos especiais como o Programa Mãos à Obra. Dentre essas ações ao ar livre, os educadores de trânsito promovem orientação de travessia em faixas de pedestre com distribuição de folheto educativo para motoristas e pedestres.

Só este ano, cerca de 50 mil pessoas foram orientadas nas escolas, vias e áreas públicas da cidade. Foi durante uma dessas ações educativas, na região central, que a moradora Rosária Maria de Oliveira, disse reconhecer que é muito importante educar pedestres e motoristas quanto a travessia segura. “Eu, por exemplo, conheço o sinal de estender a mão para atravessar na faixa, mas não costumo usar, mas prometo que vou levar o folheto para casa e ler com atenção”, prometeu ela.

Redução de vítimas - As ações de educação de trânsito da Prefeitura de Diadema para pedestres e motoristas têm contribuído para que a cidade comemore a redução, ano a ano, do número de vítimas de acidentes de trânsito.

Segundo levantamento realizado junto às Delegacias de Polícia do município, em 2014, um total de 918 pessoas sofreram lesão corporal culposa por acidente de trânsito. No ano seguinte, em 2015, os distritos registraram 839 vítimas. A redução no número de lesionados prosseguiu nos anos posteriores: 622 em 2016; e 635 no ano passado. Levantamento parcial, até setembro deste ano, registra 487 pessoas lesionadas.

Para o secretário de Transportes de Diadema, José Carlos Gonçalves, é fundamental o investimento em educação de trânsito a curto, médio e longo prazos para melhorar a convivência, pois a cidade tem uma das maiores densidades demográficas do país. “Com o crescimento da frota de veículos e da população, a educação para o trânsito é importante e necessária para a conscientização de pedestres e motoristas em busca de uma relação mais harmoniosa e com menos conflito. O resultado desse trabalho é um trânsito mais seguro, com menos vítimas e menos acidentes”, concluiu o secretário.

Para mais informações sobre o Programa Municipal de Educação de Trânsito: telefone 4075-8000 ou e-mail transportes@diadema.sp.gov.br.

Comente aqui