Data: 10/01/2019 10:28 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

GSI monta escritório no Rio com militares para segurança de Bolsonaro

27 militares serão designados para a nova sede do GSI, para segurança de familiares e do presidente quando viajar à cidade natal


Crédito: Reprodução

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República designou nesta quarta-feira, 9, 27 militares das Forças Armadas para uma nova unidade em processo de criação no Rio, dedicada a cuidar da segurança do presidente Jair Bolsonaro e seus familiares.

Entre os militares escalados, há praças e oficiais das Forças Armadas, todos vinculados à Secretaria de Segurança e Coordenação Presidencial. O posto mais alto, de assistente técnico militar, ficou com um major do Exército. Outros militares podem ser designados futuramente.

O escritório de representação do GSI em São Paulo (SP) será desativado em breve, com o fim do mandato do ex-presidente Michel Temer, assim como ocorreu com o de Porto Alegre (RS), após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

O GSI ainda busca um imóvel para instalar o escritório, mas a tendência é que seja próximo à residência particular do presidente, localizada na Praia da Barra da Tijuca. A escolha está em fase de reconhecimento. Além disso, em Brasília, o GSI receberá o reforço de nove homens do Corpo de Bombeiros, entre sargentos e tenentes, também dedicados à segurança presidencial.

Comente aqui