Data: 15/05/2019 14:41 / Autor: Redação / Fonte: PNBE

Geraldo Alckmin abre a série Brasil que Queremos e Desafios da Sociedade

Desafios da Sociedade, dia 23, quinta-feira, 8h30, no teatro da FECAP na Avenida da Liberdade, 532, São Paulo, SP. O evento é aberto e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail do evento


Geraldo Alckmin foi candidato à Presidência da República pelo PSDB, governador do estado de São Paulo entre 2001 e 2006 e de 2011 a 2018
Geraldo Alckmin foi candidato à Presidência da República pelo PSDB, governador do estado de São Paulo entre 2001 e 2006 e de 2011 a 2018

Crédito: Gabriel Reis

O PNBE – Pensamento Nacional das Bases Empresarial e a FECAP – Fundação Escola de Comércio Álvares Penteadorecebem Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo, dentro da série de encontros o Brasil que Queremos – Desafios da Sociedade, dia 23, quinta-feira, 8h30, no teatro da FECAP na Avenida da Liberdade, 532, São Paulo, SP. O evento é aberto aos interessados e as inscrições podem ser feitas pelo email pnbe@pnbe.org.br.

Alckmin exporá sobre as transformações da sociedade global, os impactos dessas transformações macroeconômicas na sociedade brasileira, os cenários político-econômicos que permeiam a nação e o desafio de se atuar por um novo processo civilizatório.

Para a coordenação do PNBE o momento para a conversa é muito apropriado. A disrupção política num ambiente de antagonismo partidário, de supressão de valores sociais e costumes, influenciada ainda por depressão econômica tornam mandatório que se amplie o diálogo para contenção de fissuras que ameaçam o bem-estar. Por meio da série de encontros o Brasil que Queremos, os atuantes no PNBE têm enviado contribuições para a construção de consensos em propostas que subsidiem processo de reformas, como da previdência, do sistema político e da ordem econômica.

O PNBE acredita que o encaminhamento das questões nacionais deve se dar em regime democrático, no qual o processo de discussão tenha por base a possibilidade de participação de todos os segmentos da sociedade,operacionalizada pela negociação; o processo de negociação deve se dar com o compromisso de transparência entre as partes e observância de princípios éticos; a diversidade de opiniões não apenas deve ser respeitada, mas trazida ao debate para enriquecê-lo e legitimá-lo; o conflito é inerente à relação entre as partes sociais e deve ser entendido como indicador de diversidade, e não motivador de ruptura. Este processo deve ter por objetivo o desenvolvimento econômico e a justiça social, com uma melhor distribuição de renda e liberdades individuais plenas; um estado instrumento de realizações dos anseios sociais; uma sociedade organizada economicamente com base na livre iniciativa, na economia de mercado e num mercado interno forte e integrado competitivamente à economia internacional, na qual o lucro seja um instrumento do desenvolvimento, a eficiência econômica um meio para obtenção da qualidade de vida e onde haja respeito aos patrimônios nacionais, sejam humanos, materiais ou ambientais.

Comente aqui