Data: 17/04/2019 15:39 / Autor: Redação / Fonte: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Aluno de escola estadual ganha bolsa para fazer curso em Stanford

Morador de Itapecerica da Serra viaja no próximo dia 24 de junho para uma das instituições de maior prestígio do mundo


Um aluno da 3ª série do Ensino Médio da Escola Estadual Salvador de Leone, em Itapecerica da Serra, foi selecionado com bolsa integral para o curso de verão de Sociologia na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. Aos 16 anos, Matheus Lopes Hengle garantiu uma das vagas disponíveis, que dão direito à hospedagem, alimentação e estudos na instituição com sede na Califórnia.

Matheus acredita que o fato de estudar em uma escola estadual de ensino integral o ajudou a alcançar o sonho. “As disciplinas eletivas e o fato de ser um aluno solidário e competente me ajudaram.”

Ele já havia tentado a vaga em anos anteriores, mas não foi aprovado. O processo seletivo inclui carta de apresentação, redações em inglês, além de bom desempenho acadêmico e comprovação de trabalhos voluntários e demais atividades extracurriculares dos candidatos. “Acredito que um dos principais critérios de avaliação seja a análise holística de cada estudante, por isso a experiência, o jeito e o caráter dos avaliados contam muito”, diz.

Autodidata em inglês, o estudante considera ter proficiência entre os níveis intermediário e avançado e acredita que não terá dificuldades no exterior. Ele embarca sozinho para os Estados Unidos no dia 24 de junho, o que em princípio deixou os pais apreensivos, e volta em 13 de julho. “Assim que souberam, meus pais ficaram bastante receosos, mas agora estão orgulhosos e acostumados com a ideia. ”

Outro sonho do estudante é cursar Antropologia Cultural, o que para ele é seu próximo desafio. “Este curso no Brasil tem poucas faculdades credenciadas pelo MEC e primeiro eu teria de cursar alguns anos em Ciências Sociais. Tempo que seria encurtado se eu fizesse esta graduação no exterior, mas não tenho essa grana”, lamenta.

Matheus afirma ter como ideal de vida transformar o mundo de alguma forma. Por isso, deseja compreender as diferenças culturais entre os países. “Não estou criando muitas expectativas, mas acredito que será uma experiência incrível.”

Comente aqui